Zonta pontua duas vezes em Goiânia e mantém Shell na briga pelo título da Stock Car

Ricardo Zonta não subiu no pódio em Goiânia com a Shell, mas pontuou duas vezes, ficou em quarto no campeonato e segue na briga pelo título da Stock Car

A Stock Car completou o fim de semana com mais duas corridas em Goiânia. Para os pilotos Shell, o domingo (22) alternou bons e maus momentos dentro da pista. Ricardo Zonta, por exemplo, pontuou nas duas corridas, mas Gaetano di Mauro chegou na zonta de pontuação apenas uma vez, enquanto Átila Abreu e Galid Osman se envolveram em acidentes.

Ricardo Zonta foi sexto na primeira corrida e ficou em décimo na segunda, pontuando duas vezes com o carro da Shell. Com os resultados, foi para o quarto lugar no campeonato, com 12 pontos a menos que o líder Thiago Camilo. Em Interlagos, palco da última prova, o paranaense já venceu duas vezes, em 2013 e 2020.

“Foi um dia positivo, é claro que esperávamos um pódio no fim de semana. A corrida foi bastante difícil, senti muito o desgaste de pneu, estava difícil atacar. Fiquei mais na defesa do que no ataque”, disse Zonta.

“Estou muito feliz de chegar a Interlagos na final disputando o título. Acredito que a equipe fará o melhor possível depois da batida que tive ontem para melhorar ainda mais o carro. Vencemos lá na Corrida do Milhão, então a expectativa é grande. Nosso carro sem peso melhorou bastante, mas os concorrentes também melhoraram durante o ano”, completou.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Gaetano di Mauro só conseguiu pontuar na primeira corrida (Foto: José Mário Dias/Shell)

Gaetano di Mauro foi o sétimo colocado na primeira corrida, mas não teve sorte na segunda prova, quando abandonou.

“Com certeza um bom fim de semana, mostramos velocidade, mostramos competência, sempre na frente, e isso é importante. Consolidar isso é bom para todo o time, aparecendo e disputando com as equipes mais acostumadas com isso. É entender o que precisa melhorar e cada vez apertar mais. É uma grande evolução da última vez, e vamos para cima”, afirmou o piloto do carro #11.

Átila Abreu envolveu-se em dois acidentes no domingo (Foto: José Mário Dias/Shell)

Átila Abreu teve um domingo difícil em Goiânia. O piloto Shell envolveu-se em dois acidentes, abandonando na primeira prova e terminando apenas em 16º na corrida final do dia.

“Hoje o dia no início começou bem, numa disputa com um ritmo interessante, mais competitivo do que ontem, uma briga intensa para quem ficaria entre os dez primeiros e se beneficiar do grid invertido na segunda corrida. Fiquei muito chateado, primeiro por abandonar a corrida, e segundo por tirar um companheiro de equipe”, disse Abreu.

“Acabar dessa forma é frustrante. Para a corrida 2, meu carro tinha entortado um pouco, tentamos compensar de alguma maneira. Já com o ritmo bom, brigando por algumas posições, o Bruno Baptista vem de fora para dentro na saída da chicane cruzando a pista e bate no meu carro, acabo rodando. Caí para último, vim recuperando, dava para ter ficado entre os cinco, mas quando você roda no começo, fica difícil. Vamos tentar colher as informações para a corrida final em Interlagos”, acrescentou.

Galid Osman sequer largou para a última corrida do dia (Foto: José Mário Dias/Shell)

Por fim, Galid Osman. O piloto da Crown Racing foi acertado por Átila Abreu na primeira corrida e sequer largou para a segunda prova do dia.

“Difícil, estava fazendo uma corrida perfeita para virar no top-10. Ia abastecer na primeira para conseguir ser competitivo na segunda, mas infelizmente fui acertado em cheio, e quebrou o meu carro. Vamos pensar na próxima e terminar com um resultado positivo”, declarou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube