Aprilia confirma volta ao Mundial de Superbike em 2017 com esforço de fábrica em parceria de dois anos com SMR

A Aprilia confirmou nesta quinta-feira (23) que vai voltar ao Mundial de Superbike com um esforço de fábrica. Marca de Noale fechou uma parceria de dois anos com a Shaun Muir Racing

A Aprilia confirmou nesta quinta-feira (23) que vai retornar ao Mundial de Superbike com um esforço de fábrica em 2017. A marca de Noale fechou uma parceria de dois anos com a Shaun Muir Racing e volta à série das motos de produção com o rótulo de ‘Milwaukee Aprilia’.
 
Hoje na MotoGP, Eugene Laverty já tinha anunciado a volta ao Mundial de Superbike com a SMR e agora foi confirmado o nome de Lorenzo Savadori, campeão de 2015 do Mundial de Superstock 1000.
RSV4 estará nas mãos de Laverty e Savadori (Foto: Aprilia)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Em um comunicado oficial, a Aprilia afirmou que a equipe terá o status de apoiada pela fábrica, com “material técnico e assistência e suporte diretamente relacionados fornecidos pela Aprilia Racing, incluindo o desenvolvimento da moto”.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Chefe da Aprilia Racing, Romano Albesiano celebrou o maior envolvimento da marca com a categoria e exaltou a parceria entre Laverty e Savadori.
 
“A equipe de Shaun Muir, depois de construir uma boa reputação no Campeonato Britânico, quer chegar ao topo do Mundial”, disse Albesiano. “Nosso acordo inclui, além de fornecer as motos e os materiais, apoio do pessoal da Aprilia Racing para gerir e desenvolver a RSV4, dentro de uma relação do time ‘Apoio de Fábrica’”, explicou.
 
“O nascimento da Milwaukee Aprilia também marca a volta de Eugene Laverty ao Mundial de Superbike, um piloto que conhecemos e que temos o maior respeito por suas qualidades profissionais e pessoais”, destacou. “Nós teremos Lorenzo Savadori trabalhando ao lado dele, um jovem piloto que foi parte dos nossos programas esportivos por duas temporadas, aí ganhou o titulo da Superstock 1000 e aí atraiu a atenção do WSBK com uma temporada de estreia extremamente positiva”, elogiou.
 
De saída da MotoGP, Eugene reforçou que sua meta para 2017 é lutar pelo título na categoria das motos de produção.
 
“Estou empolgado para voltar ao Mundial de Superbike com a Aprilia e a RSV4, uma com a qual conquistei dez vitórias e o segundo lugar no campeonato”, lembrou. “Espero poder continuar de onde parei com os resultados, graças ao apoio da Aprilia e um time fantástico como a SMR. Tudo está no lugar para sermos competitivos imediatamente”, completou.
 
Em uma boa temporada de estreia no Mundial de Superbike, Savadori celebrou a chance com a Aprilia.
 
“Estou muito feliz por continuar a minha aventura no Mundial de Superbike com a Aprilia. Esta é uma outra chance para conquistar ótimos resultados, com mais um ano de experiência na RSV4 para mim”, declarou. “Em uma temporada de estreia exigente, já foi capaz de demonstrar um bom nível de performance, aprendendo bastante, tanto em termos de gerir a corrida como de trabalhar na garage, mas não quero parar por aqui. Vamos, definitivamente, estar bem motivados para começar, com um projeto ambicioso e um grande desejo de ir bem”, avisou.
 
Muir, por sua vez, avaliou que a parceria com a Aprilia representa uma chance real de vitória nas temporadas 2017 e 2018.
 
“Para a SMR, a colaboração com a Aprilia Racing para 2017 e 2018 representa uma chance real de lutar pela vitória. A Aprilia tem uma forte e vitoriosa história no Mundial de Superbike e está determinada a continuar no mesmo caminho. Com Eugene e Lorenzo, este é um time dos sonhos”, comentou. “Sem dúvida, Eugene está voltando ao Mundial de Superbike por uma única razão: vencer. Lorenzo, por outro lado, é o estreante mais rápido e, com certeza, um protagonista. Quero agradecer à Milwaukee, Gulf e todos os parceiros que estão apoiando o nosso projeto”, encerrou.
PADDOCK GP #47 DISCUTE F1, FINAL DA INDY E FALA SOBRE ALEX ZANARDI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube