Bautista domina Jerez e vence a 12ª no Mundial de Superbike. Rea é punido em incidente e perde pódio

Álvaro Bautista foi dominante na primeira corrida da rodada de Jerez de la Frontera e alcançou neste sábado (8) sua 12ª vitória no Mundial de Superbike, 7s119 à frente de Michael van der Mark, o segundo colocado. Jonathan Rea garantiu o terceiro posto depois de um incidente com Alex Lowes, mas acabou punido horas depois

Álvaro Bautista conquistou neste sábado (8) sua 12ª vitória na temporada 2019 do Mundial de Superbike. O piloto da Ducati apareceu dominante em Jerez de la Frontera e recebeu a bandeirada na ponta com mais de 7s de frente para Michael van der Mark, o segundo colocado. Jonathan Rea completou o pódio da corrida 1. 
 
Depois da dupla derrota para Rea na rodada de Ímola, Bautista voltou a ser batido pelo rival da Kawasaki na classificação, mas assumiu a ponta ainda na primeira volta. Virando num ritmo bastante superior aos demais, Álvaro logo se afastou dos rivais e não deu mais chances a ninguém.
Álvaro Bautista dominou a corrida 1 em Jerez (Foto: Ducati)
Paddockast #21
A primeira vez a gente nunca esquece: as vitórias dos maiores nomes do esporte

Sétimo no grid, Van der Mark foi rápido em escalar o pelotão e, na oitava volta, passou Rea pelo segundo posto. O #1, que vinha penando com o desgaste dos pneus no calor de Jerez, virou presa de Alex Lowes, que apareceu para tomar o terceiro lugar.
 
O piloto da Kawasaki, no entanto, deu combate e os dois trocaram de posição várias vezes. Na volta final, Jonathan pegou Alex de surpresa com uma manobra por dentro no último grampo e o contato derrubou o britânico da Yamaha, enquanto Rea seguiu adiante para receber a bandeirada em terceiro.
 
Já 19s951 atrás de Bautista, Marco Melandri foi promovido ao quarto posto, à frente de Toprak Razgatioglu. Tom Sykes colocou a BMW na sexta colocação, à frente de Chaz Davies, que foi 26s834 mais lento que o companheiro de Ducati.
 
Sandro Cortese recebeu a bandeirada em oitavo, seguido por Leon Haslam. Michael Ruben RInaldi completa o rol dos dez melhores na corrida 1 de Jerez.
 
De volta ao Mundial, agora com a aliança entre Ten Kate e Yamaha, Loris Baz ficou com o 12º lugar, 36s824 atrás do ponteiro.
 
Com o resultado deste sábado, Bautista chegou aos 288 pontos e abriu 52 de frente para Rea. Van der Mark tem a terceira colocação na tabela, seguido por Lowes, Haslam, Davies, Melandri, Razgatlioglu, Cortese e Sykes. 
 
Na disputa do Mundial de Construtores, a Ducati soma 290 tentos, 54 a mais que a Kawasaki. A Yamaha tem a terceira colocação, seguida por BMW e Honda.
Horas após o fim da corrida, o Painel de Comissários do Mundial de Superbike anunciou que Rea perdeu uma posição na corrida por conta do toque com Lowes e, além disso, terá de largar do fundo do grid na sequência do fim de semana. Assim, Melandri foi promovido ao pódio.
 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube