Bautista vence corrida 1 marcada por boicote de seis pilotos na Argentina

A primeira corrida do Mundial de Superbike em San Juan foi marcada pelo boicote de seis pilotos que se recusaram a correr pelas condições da pista. Álvaro Bautista voltou a triunfar, com o campeão Jonathan Rea em segundo

A etapa argentina do Mundial de Superbike começou com uma grande polêmica. Na corrida 1, seis pilotos resolveram não correr, boicotando a prova por causa das condições da pista, que não estavam ideais desde os treinos de sexta-feira. Assim, apenas 12 pilotos foram para a disputa, melhor para Álvaro Bautista.
 
Os pilotos já tinham se queixado do traçado de San Juan na sexta-feira e a direção de prova tentou ajustar para o sábado. No entanto, o grid seguiu sofrendo na classificação e, de quebra, Loris Baz sofreu um forte acidente e foi declarado inapto para a corrida 1. Foi a chave para o boicote.
Álvaro Bautista venceu (Foto: Reprodução/Facebook)

Chaz Davies, Sandro Cortese, Marco Melandri, Leon Camier, Ryuichi Kiyonari e Eugene Laverty aderiram ao movimento que tentou convencer o grid todo, mas 12 pilotos resolveram seguir em frente mesmo assim, participando da rodada tripla inteira.

 
No fim, melhor para Bautista, que já é o vice-campeão da temporada. O piloto da Ducati terminou 1s562 na frente de Jonathan Rea, mais uma vez campeão da categoria com sua Kawasaki. Companheiro de Rea, Toprak Razgatlioglu manteve as chances de terceiro lugar na temporada e fechou o pódio. 
 
A esvaziada corrida ainda teve no top-10 Michael van der Mark, Alex Lowes, Leon Haslam, Tom Sykes, Jordi Torres, Leandro Mercado e Alessandro Del Bianco. O resto da programação foi mantido normalmente.

Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube