Davies vence corrida 2 em Laguna Seca e quebra domínio de Rea no Mundial de Superbike

Chaz Davies enfim conseguiu sua primeira vitória na temporada do Mundial de Superbike. Na corrida 2 do domingo, o britânico conseguiu bater Jonathan Rea, vencedor da corrida Superpole, ainda na primeira curva para dominar a prova e subir no degrau mais alto do pódio. Com isso, encerrou a sequência de triunfos do titular da Kawasaki

Chaz Davies teve um dia de domínio no domingo de Mundial de Superbike em Laguna Seca. Assumindo a ponta ainda no início da corrida 2 batendo o pole Jonathan Rea, vencedor da corrida Superpole, se manteve na liderança para se tornar o quarto vencedor da temporada.
 
No atual campeonato, o competidor não tem enfrentado campanha das mais fáceis. Sofrendo para se acertar com a nova Ducati Panigale V4 R, seu triunfo encerra a seca que durava desde a etapa de Aragão de 2018.
 
Seu desempenho na prova norte-americana foi em grande estilo. Rea foi quem largou da pole, mas então, no final da curva 1 na primeira volta da disputa, o titular da Aruba.it deu o bote em cima do adversário para tomar a primeira colocação e dali não sair mais. No final, cruzou a linha de chegada com vantagem maior do que 3s.
 
Enquanto isso, o representante da Kawasaki, que teve final de semana dominante em Laguna Seca, não conseguiu fazer frente ao britânico, precisando se contentar com a segunda colocação.
Chaz Davies (Foto: Reprodução)

Ainda, o atual líder da classificação começou a rodada dupla com um respiro de 24 pontos na ponta do campeonato. Agora, caminha para as férias de verão com uma vantagem de 81 tentos para Álvaro Bautista, aproveitando a sequência de má sorte do espanhol.
 

O piloto da Ducati já havia sofrido uma queda na primeira corrida do final de semana. Então, na prova da Superpole, foi novamente ao chão, machucando seu ombro. Apesar de largar para a corrida 2, durou apenas uma volta, optando por abandonar. Com isso, saiu zerado dos Estados Unidos.
 
Completando o pódio do dia apareceu, mais uma vez, Toprak Razgatlioglu, que terminou em uma solitária terceira colocação. Esse é o quinto top-3 consecutivo do piloto no campeonato.
 
Alex Loews protagonizou uma das únicas ultrapassagens da disputa para superar Tom Sykes e ficar com a quarta colocação. Leon Haslam foi o sexto, com Loris Baz, Jordi Torres, Marco Melandri e Michael Ruben Rinaldi fechando o top-10.
 

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar