Em fim de prova antecipado por bandeira vermelha, Guintoli vence corrida 2 da Superbike na Austrália

Um ano após conquistar sua última vitória no Mundial de Superbike, Sylvain Guintoli voltou ao degrau mais alto do pódio na corrida 2 da etapa da Austrália. Loris Baz e Tom Sykes completaram o pódio

Depois de perder a vitória na primeira corrida deste domingo (23) em Phillip Island, Sylvain Guintoli se impôs e garantiu o triunfo extamente um ano após sua última conquista no Mundial de Superbike. A prova australiana foi interrompida em bandeira vermelha por conta do estouro do motor da moto de Eugene Laverty, vencedor da primeira bateria do dia.
Baz, Guintoli e Sykes formaram o pódio da corrida 2 na Austrália (Foto: Divulgação/WSBK)
Com sete voltas para o fim, o francês da Aprilia liderava uma disputa que reunia outros quatro pilotos – Laverty, Loris Baz, Tom Sykes e Davide Giugliano –, mas uma falha no motor da Suzuki GSX-R1000 de Eugene forçou a direção de prova a interromper a corrida. 
 
Como os pilotos já tinham completado 2/3 da prova no momento da paralisação, o resultado foi validado, com Baz e Sykes colocando duas Kawasaki no top-3.
 
O primeiro giro da prova foi liderado por Marco Melandri, que vinha à frente de Giugliano e Guintoli, mas o francês não esperou muito e conseguiu tomar a ponta já na segunda volta.
 
Na sétima volta, Guintoli perdeu a ponta para Baz e acabou abrindo a porta para Laverty e Rea, caindo para o quarto lugar. Em busca da segunda vitória do dia, Eugene bateu Baz e assumiu o primeiro posto, onde permaneceu até o 12º giro. Guintoli ressurgiu, bateu Rea e Baz e assumiu o segundo lugar, retomando a ponta na primeira curva de Phillip Island. 
Guintoli foi declarado vencedor após a paralisação da prova (Foto: Divulgação/WSBK)
A liderança de Sylvain, aliás, não poderia ter vindo em um momento mais oportuno, já que, ao abrir a 15ª volta na liderança, Guintoli foi declarado vencedor com o fim da prova em bandeira vermelha. Assim, Baz e Sykes completaram o pódio. 
 
Giugliano acabou com o quarto posto, com Johnny Rea fechando a prova na quinta colocação, à frente do companheiro de Honda, Leon Haslam. Assim como aconteceu na primeira prova do fim de semana, Chaz Davies largou bem, mas não conseguiu capitalizar e ficou apenas com o sétimo posto, 9s664 atrás do ponteiro.
 
Melandri ficou com o oitavo posto, à frente de Toni Elías, também de equipamento Aprilia. 10º colocado, David Salom registrou o melhor resultado entre os pilotos que contam com equipamento EVO. 
Sylvain Guintoli (Foto: Divulgação/WSBK)
Com o resultado, Guintoli sai de Phillip Island na liderança do Mundial, com 41 pontos. Loris Baz tem o segundo posto, à frente de Melandri, Giugliano e do atual campeão Sykes. Laverty ocupa a sexta posição da tabela, seguido por Rea, Davies e Salom. Niccolò Canepa fecha a lista dos dez primeiros. 
 
Mundial de Superbike, Austrália, Phillip Island, Corrida 2, Final:

 
1
Sylvain GUINTOLI
FRA
Aprilia Racing
Aprilia RSV4 1000
21:34.034
14 voltas
2
Loris BAZ
FRA
Kawasaki Racing
Kawasaki ZX-10R
+0.283
 
3
Tom SYKES
ING
Kawasaki Racing
Kawasaki ZX-10R
+1.103
 
4
Davide GIUGLIANO
ITA
Ducati
Panigale 1199R
+2:052
 
5
Jonathan REA
ING
Pata Honda
Honda CBR1000RR
+4.951
 
6
Leon HASLAM
ING
Pata Honda
Honda CBR1000RR
+5.673
 
7
Chaz DAVIES
ING
Ducati
Panigale 1199R
+9.664
 
8
Marco MELANDRI
ITA
Aprilia Racing
Aprilia RSV4 1000
+10.574
 
9
Toni ELÍAS
ESP
Aprilia Racing
Aprilia RSV4 1000
+11.682
 
10
David SALOM
ESP
Kawasaki Racing
Kawasaki ZX-10R
+15.065
 
11
Niccolò CANEPA
ITA
Althea
Ducati Panigale 1199R
+16.294
 
12
Fabien FORET
FRA
Team India
Kawasaki ZX-10R
+16.919
 
13
Alex LOWES
ING
Crescent Suzuki
GSX-R1000
+19.694
 
14
Sheridan MORAIS
RSA
Kawasaki SBK Team
Kawasaki ZX-10R
+27.266
 
15
Glenn ALLERTON
AUS
BMW Motorrad Italia
BMW S1000 RR
+27.845
 
16
Jeremy GUARNONI
FRA
MRS Kawasaki
Kawasaki ZX-10R
+29.431
 
17
Alessandro ANDREOZZI
ITA
Pedercini
Kawasaki ZX-10R
+36.393
 
18
Claudio CORTI
ITA
MV Agusta Yakhnich
MV Agusta F4 RR
+37.018
 
19
Imre TOTH
HUN
BMW Team Toth
BMW S1000 RR
+54.093
 
20
Aaron YATES
EUA
Team Hero EBR
EBR 1190 RX
+1:13.385
 
 
Eugene LAVERTY
IRN
Crescent Suzuki
Suzuki GSX-R1000
NC
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
Pista Seca
 
ar: 22°C | pista: 48ºC
 
 
 
 
 
 
 
MV
Sylvain GUINTOLI
FRA
Aprilia Racing
Aprilia RSV4 1000
 
1:30.038
177.720 km/h
REC
Chaz DAVIES
ING
Ducati
Panigale 1199R
 
1:30.949
175.940 km/h
VMR
Sylvain GUINTOLI
FRA
Aprilia Racing
Aprilia RSV4 1000
 
1:31.421
175.036 km/h
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube