No piso molhado de Magny-Cours, Rea busca Sykes no fim e vence corrida 1 da etapa da França do Mundial de Superbike

Jonathan Rea recortou a vantagem de Tom Sykes nos giros finais em Magny-Cours e passou o companheiro de Kawasaki na 17ª volta para vencer a corrida 1 da etapa da França do Mundial de Superbike. Campeão de 2014, Sylvain Guintoli conquistou seu primeiro pódio com a Honda

Jonathan Rea voltou ao topo do pódio do Mundial de Superbike. Na manhã deste domingo (4), o campeão antecipado buscou Tom Sykes nas voltas finais da prova em Magny-Cours, passou o companheiro de Kawasaki na 17ª volta da disputa e conquistou a vitória na corrida 1 da etapa da França. Sylvain Guintoli completa o pódio.
 
Após uma forte chuva durante a madrugada, a disputa deste domingo começou com piso molhado. Largando em nono, Sykes fez uma belíssima saída e assumiu a liderança já no terceiro giro.
Jonathan Rea superou a marca de 500 pontos em 2015 (Foto: Divulgação/WSBK)
Com as condições de pista, os pilotos foram cautelosos o início da disputa, já que o piso francês ia secando com o passar das voltas. Chaz Davies foi o primeiro a liderar o pelotão, mas uma manobra agressiva de Leon Haslam tirou os dois da trajetória no hairpin Adelaide, promovendo Sykes e Rea ao topo da tabela na quinta volta. 
 
Enquanto a dupla da Kawasaki travava seu duelo particular, os pilotos da Honda mostravam bom desempenho. Michael van der Mark, que largou em 15º, logo entrou na briga pelo pódio, à frente de Leon Camier e Matteo Baiocco.
 
 Instalado na terceira posição, #60 perdeu a traseira da CBR 1000RR na saída do Adelaide, perdendo o posto na tabela para Guintoli, que também vinha na briga pelo top-3.
 
Na ponta, Rea apertou o passo com sete voltas para o fim e começou a descontar a vantagem de Sykes, que estava na casa dos 3s. Com uma volta rápida após a outra, Johnny tomou a ponta do companheiro de equipe na 17ª volta com uma bela — e limpa — manobra na 180.
Sylvain Guintoli conquistou seu primeiro pódio pela Honda (Foto: Divulgação/WSBK)
O campeão antecipado manteve um ritmo forte até o fim, abrindo 4s7 de vantagem para Sykes, após um erro do #66 na curva 8. Guintoli manteve o terceiro posto, conquistando seu primeiro pódio do ano. Van der Mark aparece na sequência, com Camier recebendo a bandeirada na quinta colocação, o melhor resultado da MV Agusta na história do Mundial de Superbike.
 
Davies passou Baiocco no fim e garantiu o sexto posto. Depois de um forte tombo no treino classificatório, Alex Lowes mostrou um ritmo consistente neste domingo e, em uma prova solitária, assegurou o oitavo lugar, mais de 20s à frente de Leandro Mercado, o nono.
 
Niccolò Canepa, por outro lado, não conseguiu contabilizar com sua boa posição de largada e recebeu a bandeirada em décimo, 1min07s845 atrás de Rea.
 
Com o resultado da corrida 1 de Magny-Cours, Johnny Rea chegou aos 503 pontos, se tornando apenas o quarto piloto da história a romper a barreira de 500 pontos. Com 140 pontos de atraso, Chaz Davies tem o segundo lugar na tabela, à frente de Sykes. Haslam e Jordi Torres completam o top-5.
 
Mundial de Superbike, França, Magny-Cours, Corrida 1:
1
65
JONATHAN REA
ING
KAWASAKI
ZX-10R
36:29.856
19 voltas
2
66
TOM SYKES
ING
KAWASAKI
ZX-10R
+4.711
 
3
1
SYLVAIN GUINTOLI
FRA
HONDA
CBR1000RR
+14.683
 
4
60
MICHAEL VAN DER MARK
HOL
HONDA
CBR1000RR SP
+22.772
 
5
2
LEON CAMIER
ING
MV AGUSTA
1000 F4
+30.136
 
6
7
CHAZ DAVIES
ING
DUCATI
PANIGALE R
+31.528
 
7
15
MATTEO BAIOCCO
ITA
ALTHEA
DUCATI PANIGALE R
+32.129
 
8
22
ALEX LOWES
ING
SUZUKI
GSX-R1000
+39.034
 
9
36
LEANDRO MERCADO
ARG
BARNI
DUCATI PANIGALE R
+1:01.396
 
10
59
NICCOLÒ CANEPA
ITA
ALTHEA
DUCATI PANIGALE R
+1:07.845
 
11
45
GIANLUCA VIZZIELLO
ITA
GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:09.622
 
12
81
JORDI TORRES
ESP
APRILIA
RSV4 RF
+1:16.782
 
13
99
LUCA SCASSA
ITA
DUCATI
PANIGALE R
+1:19.531
 
14
86
AYRTON BADOVINI
ITA
MOTORRAD ITALIA
BMW S1000 RR
+1:26.459
 
15
40
ROMÁN RAMOS
ESP
GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+1:30.260
 
16
91
LEON HASLAM
ING
APRILIA
RSV4 RF
+1 volta
 
17
75
GÁBOR RIZMAYER
HUN
TEAM TOTH
BMW S1000 RR
+1 volta
 
18
23
CHRISTOPHE PONSSON
FRA
PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
+1 volta
 
19
48
ALEX PHILLIS
AUS
GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1 volta
 
20
10
IMRE TOTH
HUN
TEAM TOTH
BMW S1000 RR
+1 volta
 
21
11
MARKUS REITERBERGER
ALE
REMEHA BMW
BMW S1000 RR
+2 voltas
 
 
19
PAWEL SZKOPEK
POL
SZKOPEK
YAMAHA YZF-R1
NC
 
 
14
RANDY DE PUNIET
FRA
SUZUKI
GSX-R1000
NC
 
 
44
DAVID SALOM
ESP
PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
NC
 
 
 
 
 
 
 
 
VOLTA MAIS RÁPIDA
JONATHAN REA
ING
KAWASAKI
ZX-10R
1:53.247
140.221 km/h
RECORDE
TOM SYKES
ING
KAWASAKI
ZX-10R
1:37.932
162.150 km/h
MELHOR VOLTA
TOM SYKES
ING
KAWASAKI
ZX-10R
1:36.366
164.780 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA MOLHADA
 
ar: 11ºC | pista: 15ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube