Pela Supersport 300 em Algarve, Carrasco se torna primeira mulher a vencer corrida de Mundial da FIM

Ana Carrasco fez uma corrida combativa e foi recompensada com um feito histórico. Ao vencer etapa da Supersport 300 – categoria suporte do Mundial de Superbike –, Carrasco se tornou a primeira mulher a vencer em categorias chanceladas pela FIM

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A etapa de Algarve da Supersport 300, divisão inferior do Mundial de Superbike, reservou um momento marcante para o motociclismo. Ana Carrasco batalhou e superou  Alfonso Coppola e Marc García na manhã deste domingo (17) para se tornar a primeira mulher a vencer uma corrida de Mundial sancionada pela FIM – Federação Internacional de Motociclismo.
 
A corrida como um todo foi repleta de disputas. Largando em terceiro, Carrasco passou o tempo inteiro entre os ponteiros. A liderança em si só veio na 11ª e última volta. Depois de surgir em primeiro, Ana não mais foi ultrapassada, comandando um pelotão de cinco pilotos separados por menos de 1s.
 
Coppola cruzou a linha de chegada em segundo. Garcia completou o pódio, enquanto, enquanto Daniel Valle e Mika Pérez formaram o top-5.
 
“Fico muito feliz com o resultado, divido isso com todos na minha equipe. Trabalhamos muito pesado e tivemos progresso em todas as corridas”, comentou Carrasco.
Ana Carrasco venceu em Portugal (Foto: WSBK)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O resultado deixa Carrasco em sétimo no campeonato. O líder passou a ser Coppola, que superou García em Portugal, mas conta com a vantagem mínima de um ponto.
 
No Mundial de Superbike, Jonathan Rea fechou uma rodada próxima da perfeição com a segunda vitória do fim de semana. Com 120 pontos de vantagem para Tom Sykes, vice-líder, e três rodadas duplas pela frente, Rea está muito próximo do tetracampeonato do WSBK.
 
KUBICA TEM WILLIAMS COMO GRANDE CHANCE PARA VOLTAR À F1 EM 2018. E PODE "SOBRAR MUITO" PARA MASSA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube