Rea aproveita abandono de Melandri no fim e herda vitória da corrida 1 do Mundial de Superbike em Jerez

Marco Melandri estava a alguns quilômetros de vencer a primeira etapa do fim de semana do Mundial de Superbike em Jerez. Ao menos era o que parecia até a moto da Ducati falhar e obrigar o abandono. Sobrou mais um triunfo para Jonathan Rea

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A vitória da primeira corrida do fim de semana do Mundial de Superbike, na manhã deste sábado (21) em Jerez de la Frontera, estava nas mãos de Marco Melandri. Acontece que Jonathan Rea, já campeão da temporada, parece ter um poder sobretudo que se passa nas pistas do campeonato. Uma falha mecânica a quatro voltas do fim tirou Melandri da corrida e entregou mais uma vitória ao piloto da Kawasaki.

 
Rea até havia se colocado com chances reais de vencer Melandri nas largadas. Primeiro, saiu bem e ficou na cole do pole-position, mas quedas de Raffaele de Rosa e Ayrton Badovini, separadas embora na mesma volta, forçaram uma bandeira vermelha. Quando a prova foi retomada, Rea passou o italiano. 
 
O ritmo da Ducati era bem forte, no entanto, e Melandri ficou na cola de Rea até dar o troco e retomar a ponta. Na volta seguinte, Chaz Davies também levou a melhor contra Rea. Enquanto o segundo e terceiro colocado disputavam as honras do P2, Melandri conseguir leve escapada e abriu 1s de vantagem. Rea passou Davies, mas não tinha ritmo para alcançar Marco.
Jonathan Rea em Jerez (Foto: Reprodução/Twiiter)
Com quatro voltas para o fim, no giro 15, Melandri foi parando na pista – era o fim da prova para ele. Rea, que a essa altura abrira para Davies, herdou a liderança e caminhou até o fim. 
 
Davies ainda precisou se preocupar com Tom Sykes, que resolveu atacar no fim. Terminou à frente do novo perseguidor, mas 1s137 atrás do campeão. A dupla da Yamaha, Alex Lowes e Mike van der Mark, conseguiu completar o top-5 com um certo conforto. Sylvain Guintoli, Lorenzo Salvadori, Eugene Laverty, Xavi Forés e Román Ramos encerraram o top-10. Nenhuma das Honda completou a prova, com Takumi Takahashi fora numa queda e Davide Giugliano abandonando no pit-lane. 
RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube