Rea é 4º e garante hexa no Mundial de Superbike. Razgatlioglu vence no Estoril

Largando no meio do pelotão, Jonathan Rea fez uma corrida de recuperação e contou com o abandono de Scott Redding para conquistar outro título no Mundial de Superbike. A vitória em Portugal ficou com Toprak Razgatlioglu. Eric Granado foi o 15º e pontuou

O sábado parecia bem complicado para Jonathan Rea quando caiu na classificação e ficou apenas com o 15º tempo – o adversário Scott Redding também sofreu um acidente e ficou em 23º. Mas o dia terminou em alegria para Rea com o quarto lugar no Estoril, em Portugal, e a conquista do sexto título consecutivo no Mundial de Superbike. A vitória ficou com Toprak Razgatlioglu.

Largando na pole, Razgatlioglu manteve a liderança na largada e começou a abrir vantagem. No meio do pelotão, Rea e Redding ganhavam oito posições cada, pulando para sétimo e 15º, respectivamente.

Na volta 6, porém, a Ducati de Redding apresentou problemas e o piloto precisou encostar na área de escape, abandonando a prova e também a disputa pelo título.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

Sem o adversário, bastava um quinto lugar para Rea conseguir o título. E ele fez melhor, passando por Chaz Davies e Garrett Geloff e ficando em segundo.

Nas voltas finais, porém, foi superado pela dupla e fora do pódio, terminando em quarto lugar. O resultado foi suficiente para mais um título no Mundial de Superbike. Na frente, Razgatlioglu pouco foi ameaçado e levou a vitória no circuito português.

Fazendo sua estreia no WSBK, o brasileiro Eric Granado conseguiu um bom resultado. Largando na 20ª colocação se manteve longe de confusões e terminou no 15º lugar, conquistando um ponto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube