Rea é mais rápido em classificação na Tailândia e garante segunda pole da temporada do Mundial de Superbike

Jonathan Rea e Leon Haslam lado a lado como na Austrália. O segundo final de semana da temporada do Mundial de Superbike, primeira passagem da história da categoria na Tailândia, começou da mesma forma que terminou a abertura do ano. Ao lado dos dois no tridente inicial está Alex Lowes

A primeira passagem da história do Mundial de Superbike na Tailândia terá Jonathan Rea na pole-position. O norte irlandês foi o mais rápido na classificação deste sábado (21), repetindo o feito da abertura da temporada, na Austrália. 
 
Se, com 45 pontos conquistados, Rea é um dos líderes após Phillip Island, Leon Haslam, único empatado em pontos, larga ao seu lado na segunda colocação. Os pilotos respectivamente de Kawasaki e Aprilia dão uma animadora sensação de boa briga ao início do campeonato.
 
Ao lado dos dois no tridente dianteiro vem Alex Lowes e a Suzuki, mas já um quê distante de Rea e Haslam, cerca de 0s400. Os dois primeiros estão separados por apenas 0s011.
Jonathan Rea (Foto: Provec)
Na quarta colocação, Tom Sykes ainda traz Jordi Torres e Chad Davies, primeira Ducati no grid. Troy Bayliss é o sétimo.
 
As duas Honda seguem. Em oitavo, Michael van der Mark; em nono, o atual campeão do Mundial de Superbike, Sylvain Guintoli. O argentino Leandro Mercado encerra o top-10.
 
Van der Mark e Mercado, aliás, foram os dois melhores pilotos da primeira Superpole, assim garantindo lugar na segunda, junto aos dez pilotos que já estavam confirmados lá. Sylvain Barrier esteve bem próximo de conseguir, mas acabou errando em sua melhor volta e ficando com o 13º lugar. David Salom e Matteo Baiocco foram 11º e 12º.
 
Após a sexta pole-position da carreira na categoria, Rea comanda o pelotão que larga às 3h (horário de Brasília).

Mundial de Superbike, Tailândia, grid de largada:

1 65 JONATHAN REA IRN KAWASAKI RACING 1:33.382  
2 91 LEON HASLAM ING RED DEVILS ROMA 1:33.393 +0.011
3 22 ALEX LOWES ING CRESCENT SUZUKI 1:33.738 +0.356
4 1 TOM SYKES ING KAWASAKI RACING 1:33.841 +0.459
5 81 JORDI TORRES ESP RED DEVILS ROMA 1:34.080 +0.698
6 7 CHAZ DAVIES GAL DUCATI 1:34.084 +0.702
7 21 TROY BAYLISS AUS DUCATI 1:34.334 +0.952
8 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL PATA HONDA 1:34.514 +1.132
9 1 SYLVAIN GUINTOLI FRA PATA HONDA 1:34.562 +1.180
10 36 LEANDRO MERCADO ARG DUCATI BARNI 1:34.674 +1.292
11 44 DAVID SALOM ESP KAWASAKI PEDERCINI 1:34.961 +1.579
12 15 MATTEO BAIOCCO ITA ALTHEA RACING 1:35.024 +1.642
13 20 SYLVAIN BARRIER FRA BMW MOTORRAD 1:35.115 +1.733
14 18 NICO TEROL ESP ALTHEA RACING 1:35.255 +1.873
15 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA 1:35.267 +1.885
16 14 RANDY  DE PUNIET FRA CRESCENT SUZUKI 1:35.578 +2.196
17 40 ROMÁN RAMOS ESP GO ELEVEN KAWASAKI 1:36.226 +2.844
18 59 NICCOLÒ CANEPA ITA EBR 1:36.466 +3.084
19 23 CHRISTOPHE PONSSON FRA KAWASAKI GRILLINI 1:36.788 +3.406
20 51 SANTIAGO BARRAGÁN ESP KAWASAKI GRILLINI 1:37.536 +4.154
21 9 ANUCHA NAKCHAROENSRI THA MV AGUSTA 1:38.174 +4.792
22 43 GREG GILDENHUYS AFS TEAM INDIA 1:38.767 +5.385
23 72 LARRY PEGRAM EUA EBR 1:38.772 +5.390
24 10 IMRE TOTH HUN BMW TEAM TOTH 1:39.256 +5.874
25 5 IREK SIKORA POL BMW 1:40.719 +7.337
26 53 CHANON CHUMJAI THA BMW 1:40.810 +7.428
STOCK CAR 'IN LOCO'

O GRANDE PRÊMIO está em Goiânia para a cobertura da etapa de abertura da Stock Car em 2015, a Corrida de Duplas. Pilotos famosos foram convidados para a prova que ganhou importância no calendário, como Jacques Villeneuve e Ingo Hoffmann, que deixou a aposentadoria de lado para formar dupla com o atual campeão da categoria, Rubens Barrichello. Nelsinho Piquet tem sido o destaque do fim de semana com o carro #51 de Átila Abreu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube