Rea vence 8ª seguida em Portimão no WSBK. Bautista faz prova de recuperação e é 4º

Jonathan Rea conquistou neste sábado (7), na corrida 1 do Mundial de Superbike, sua oitava vitória consecutiva em Portimão. 3s891 atrás, Chaz Davies ficou com o segundo posto, com Michael van der Mark recebendo a bandeirada em terceiro. Álvaro Bautista despencou no pelotão na primeira curva, mas fez uma prova de recuperação para terminar em quarto

O reinado de Jonathan Rea em Portimão segue pleno e reluzente. Neste sábado (7), o piloto da Kawasaki conquistou sua oitava vitória seguida no traçado de Portugal, recebendo a bandeirada na corrida 1 do Mundial de Superbike com 3s891 de vantagem para Chaz Davies, da Ducati. Michael van der Mark completa o pódio.
 
Dono da posição de honra depois de bater Tom Sykes por 0s111 na Superpole, Rea foi dominante na abertura da rodada tripla. O #1 manteve a ponta na largada e não encontrou rivais nas 20 voltas da corrida.
 
Rival pelo título, Álvaro Bautista teve um sábado muito mais duro. Ainda na primeira curva, o #19 despencou para 17º depois de um incidente com Davies, seu companheiro de Ducati, e precisou remar para se recuperar.
Jonathan Rea venceu tranquilo em Portimão (Foto: Provec)
Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Enquanto Davies garantiu o segundo posto, 2s396 à frente de Van der Mark, Álvaro conseguiu subir para a quarta colocação, superando Leon Haslam por 0s313 depois de uma boa briga.

 
Já 10s404 atrás de Rea, Toprak Razgatlioglu ficou com o sexto posto, seguido por Alex Lowes. Mais de 7s atrás do gêmeo de Sam, Sandro Cortese ficou em oitavo, com Marco Melandri e Michael Ruben Rinaldi fechando o top-10. Eugene Laverty foi o único abandono, por conta de um problema técnico com a Panigale V4 R da Go Eleven.
 
Com o resultado desta primeira corrida da décima etapa da temporada 2019, Rea chegou aos 458 pontos e agora tem 93 de vantagem para Bautista. Van der Mark é o terceiro na tabela, seguido por Lowes, Haslam, Davies, Razgatlioglu, Sykes, Marco Melandri e Cortese.
 
Na disputa entre as fábricas, a Kawasaki lidera a disputa com 460 pontos, só quatro a mais do que a Ducati. A Yamaha vem na terceira posição, seguida por BMW e Honda.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube