Copa Truck encerra temporada 2017 com esperança de voltar ao protagonismo no automobilismo brasileiro

União dos pilotos, chegada de reforços primordiais durante o ano e confirmação de calendário para o ano que vem mostram dever cumprido e vislumbram bom futuro da competição de caminhões no Brasil

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A temporada da Copa Truck chegou ao fim neste domingo (17) em Interlagos com a conquista inédita de Felipe Giaffone. Foram seis vitórias em todo o ano, um caminhão muito à frente dos demais concorrentes. Mas o que impressionou mesmo é como uma categoria que foi organizada em cima da hora teve adesão dos pilotos e do público e termina com a sensação de dever cumprido.

 
Ao GRANDE PRÊMIO, o campeão da RM Motorsports, em entrevista após a prova, falou sobre o caminho duro durante todo o ano de 2017. “Com a queda da categoria anterior (F-Truck), organizamos o calendário dois, três meses depois, não deu muito tempo de arrumar patrocinadores, por isso foi muito difícil”, afirmou.
 
O vice-campeão da temporada, Roberval Andrade, também falou sobre o ano da Truck no Brasil. "A categoria nos deu motivação e mostrou um caminho sólido de credibilidade para que possamos buscar novas estruturas e espaço dentro do automobilismo". O piloto da Iveco resumiu o ano como "a união faz a força" entre todos os pilotos. "Eu sou sócio-fundador da ANET e, para 2018, prometemos muita luta para melhorar ainda mais a categoria", declarou.
Giaffone é um dos líderes da ANET e foi o campeão da temporada 2017 da Copa Truck (Fábio Davini/MF2)

Renato Martins, um dos líderes e mais experientes pilotos da Truck, aponta também um ano difícil para todos. “Foi um ano muito difícil para o Brasil e para todos nós, em questão de patrocínio, começamos a correr em maio, sem calendário, essa etapa de Interlagos mesmo, estava sem data.”. Mas ele está contente com o desenvolvimento da categoria e afirma que alguns reforços durante o ano foram cruciais para tamanho sucesso. 

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“A parceria com o Carlos Col (consultor da categoria) foi maravilhosa, se não fosse ele, nada disso estaria existindo. Trabalhamos muito em conjunto, montamos a ANET (Associação Nacional das Equipes de Truck) e fizemos uma parceira com a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo). Esse ano foi de transição, temos muita coisa pra arrumar, para melhorar”, completa.

 
Col também está contente com o resultado deste ano. "Finalizamos hoje essa temporada de transição, brinquei com os pilotos que evitamos que a categoria fosse para o cemitério e se mantivesse na UTI. Assinamos um projeto com a CBA para ela se tornar um campeonato brasileiro, esse sim, com começo, meio e fim", afirmou. Ele também contou das novidades na área de entretenimento em 2017. "Criamos o projeto Nação Truck, com muitos shows antes das corridas, serviço de utilidade pública em relação ao trânsito, para todo o público que vier acompanhar o evento.

Débora Rodrigues, a única mulher que disputa a Truck e uma das mais famosas pilotas do país, ressalta a felicidade que é fazer parte desta categoria. “Estou muito feliz porque, hoje, eu sou respeitada aqui dentro como pilota, não quero nada mais que isso. Espero que 2018 seja ainda mais sucesso”. 

A temporada 2018 da Copa Truck promete ainda mais disputa entre os pilotos (Foto: Fábio Davini/MF2)

A união dos pilotos é vista como fundamental para esta temporada, segundo ela. “Toda mudança causa um trauma, como esse que tivemos no começo do ano com a dissociação da antiga categoria e, graças à união dos pilotos e das equipes, a gente conseguiu transformar a Copa Truck em realidade.”

 
Beto Monteiro, vencedor da Copa Nordeste este ano, definiu o ano de 2018 em uma palavra: otimismo. “Tivemos um crescimento muito grande, mesmo tendo sido feita de última hora e temos tudo para ela ser ainda maior no ano que vem. Alguns contratos já estão sendo renovados, patrocinadores novos chegando, o público aderindo à Copa Truck, vamos arrebentar”, afirmou.
 
Danilo Dirani reforçou o que Monteiro disse e aponta a grande novidade para o ano que vem: etapas fora do país. “Serão duas etapas fora do Brasil – Buenos Aires (ARG) e Rivera (URU), na real, a categoria já nasceu grande. 2018 vai ser muito bom para nós, as montadoras vêm mostrando interesse em entrar, só estamos crescendo.”
 
Confira o calendário da temporada 2018 da Copa Truck:
 
COPA SUL
25/03 – Cascavel (PR)
15/04 – Guaporé (RS)
 
COPA SUDESTE
27/05 – Curvelo (MG)
A definir – São Paulo (SP)
 
COPA CENTRO-OESTE
29/07 – Campo Grande (MS)
26/08 – Goiânia (GO)
 
COPA MERCOSUL
16/09 – Buenos Aires (ARG)
07/10 – Rivera (URU)
 
GRANDE FINAL
09/12 – Curitiba (PR)
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco' a etapa decisiva da Copa Truck 2017 direto de Interlagos com o repórter Guilherme Bloisi. Leia todo o noticiário aqui.

EM BUSCA DO SONHO DA F1


PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube