Doente, Cacá Bueno conquista tricampeonato da Copa Fiat. Camilo vence bateria 1 no Velopark

Cacá Bueno terminou a primeira bateria da Copa Fiat na segunda colocação, garantido a taça de campeão. Sofrendo com uma infecção bacteriana, o piloto dedicou o triunfo à esposa, Talita, que cuidou dele

Cacá Bueno é tricampeão da Copa Fiat. Neste domingo (4), o piloto carioca se aproveitou dos problemas de André Bragantini – o único que poderia tirar o título – durante o treino classificatório para selar a taça com a segunda colocação na primeira bateria da etapa do Velopark. Bragantini fez uma corrida de recuperação, mas terminou apenas em oitavo. A vitória ficou com Thiago Camilo.

Para ficar com o título, Cacá só precisava terminar à frente do rival, mas dentro da zona de pontos. Ou seja, como Bragantini largava da última colocação, Cacá só precisava administrar toda a vantagem para se sagrar campeão.

O problema é que o maior adversário do carioca, neste domingo, era ele mesmo. Nos últimos dias, o piloto vem sofrendo com uma infecção bacteriana e por isso até mesmo cogitou não participar das últimas provas no Velopark. Mesmo debilitado, Cacá entrou no carro de número 0 e partiu disposto a terminar com a taça.

O desgaste de Cacá Bueno era visível no pódio (Foto: Duda Bairros/MF2)

Como a corrida não teve maiores emoções, o objetivo foi cumprido. O carioca terminou na segunda posição e pôde comemorar. A vitória ficou com Thiago Camilo, que dominou de ponta a ponta, enquanto Clemente de Faria Jr. completou o pódio. A quarta colocação ficou com Cesinha Bonilha, seguido por Popó Bueno, Christian Fittipaldi e Luir Miranda.

Bragantini encerrou na oitava posição, depois de fazer uma boa corrida de recuperação. O piloto paranaense até chegou a brigar pelo top-5, mas acabou perdendo algumas colocações no final da prova devido ao desgaste do equipamento. O grupo dos dez primeiros ainda contou com Ulisses Silva e Leonardo Nienkotter.

Após a corrida, Cacá reconheceu que foi difícil completar a disputa por causa da doença e agradeceu à esposa por ter cuidado dele nos últimos dias.

“Foi o fim de semana mais difícil da minha vida. Faz 25 anos que estou no automobilismo e jamais faltei a uma corrida, mas desta vez isso quase aconteceu. Nunca dediquei um resultado a ninguém, nem mesmo quando minha mãe morreu, mas hoje tenho de agradecer à minha mulher. A Talita ficou quatro dias cuidando de mim, sem dormir, me alimentando, me dando banho, como se eu fosse um bebê. Se não fosse ela, hoje eu não estaria aqui”, declarou.

O campeão – Aos 36 anos, Cacá Bueno é um dos pilotos mais vitoriosos do automobilismo brasileiro. Filho do global Galvão Bueno, o piloto venceu quatro títulos da Stock Car, três da Copa Fiat, além de ter vencido o campeonato sul-americano de Superturismo e a Stock Car B. Além disso, o carioca segue na briga pela taça da Stock de 2012.

Copa Fiat, Velopark, corrida 1:

 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube