F1
15/01/2018 11:19

Chefe da McLaren garante que Alonso jamais deu ultimato e que não exigiu saída da Honda para renovar contrato

Zak Brown garantiu que Fernando Alonso jamais deu um ultimato à McLaren na época em que estava negociando um novo contrato. De acordo com o dirigente, o espanhol nunca exigiu a saída da Honda para seguir com a equipe inglesa
Warm Up
Redação GP, de Curitiba

Diretor-executivo da McLaren, Zak Brown insistiu que Fernando Alonso jamais deu um ultimato à equipe inglesa sobre um novo contrato estar associado à saída da Honda como fornecedora de motor. 
 
No ano passado, o espanhol se mostrou bastante frustrado com a falta de confiabilidade e potência das unidades japonesas no terceiro ano da parceria com o time de Woking. A temporada foi marcada por diversas punições por trocas de componentes, além de muitos abandonos, o que gerou enorme cobrança por parte do bicampeão. Tanto que a situação, então, ficou insustentável, e a McLaren não teve outra opção a não ser mudar de fabricante, fechando um acordo com a Renault para 2018.
Zak Brown disse que Alonso jamais deu um ultimato à McLaren (Foto: IndyCar)

"Muitas vezes, eu li que ele nos deu ultimatos, mas quero garantir que esse nunca foi o caso", afirmou o dirigente à revista inglesa 'Autosport'. "Ele só queria que voltássemos a ser competitivos. Acho que ele teria ficado se tivesse sentido que seríamos mais competitivos mesmo com a Honda. Ele teria mergulhado nisso também", completou.
 
"Só que ele tem uma história com a Renault", emendou o norte-americano.
 
Alonso vai seguir com a McLaren na temporada 2018 na esperança de que, com a Renault, a equipe consiga voltar a brigar por pódios e até vitórias. "Nós não fizemos a ela nenhuma promessa além do que queremos retornar ao topo. E ele sabe disso. Sabemos que somos capazes", concluiu.

Últimas Notícias
sexta-feira, 25 de maio de 2018
Indy
F1
F1
Copa Grande Prêmio
F1
F1
F2
F2
Indy
Indy
Indy
Indy
Indy
Indy
quinta-feira, 24 de maio de 2018
Indy
Galerias de Imagens
Facebook