F1
13/04/2018 04:30

Hamilton fecha sexta-feira com melhor tempo na China, mas Ferrari encosta e fica só 0s007 atrás com Räikkönen

O domínio de Lewis Hamilton no primeiro treino livre em Xangai não se repetiu na tarde desta sexta-feira (13). A Ferrari mostrou sua força com Kimi Räikkönen sendo novamente mais rápido que Sebastian Vettel. O 'Homem de Gelo' ficou muito perto do melhor tempo do dia. E Lance Stroll amargou novamente o último lugar
Warm Up / FERNANDO SILVA,  de Sumaré
 Lewis Hamilton (Foto: AFP)


Lewis Hamilton liderou o segundo treino livre desta sexta-feira (13) em Xangai, mas desta vez viu a Ferrari muito mais próxima em relação à manhã. Se na primeira sessão do fim de semana Kimi Räikkönen ficou 0s359 atrás, à tarde o 'Homem de Gelo' deu mais uma amostra da força da SF71H e terminou a apenas 0s007 do tetracampeão. Foi um treino bem equilibrado, com Valtteri Bottas terminando em terceiro, seguido por Sebastian Vettel. A diferença do primeiro para o quarto colocado foi de apenas 0s108.

Desta vez, a Red Bull ficou um pouco mais atrás. Ainda assim, Max Verstappen, em quinto, não ficou tão longe dos ponteiros. O holandês fechou 0s341 atrás de Hamilton. Destaque para Nico Hülkenberg, que conseguiu bom desempenho com a Renault e foi o sétimo, logo à frente da Haas de Kevin Magnussen, que foi muito melhor que seu companheiro de equipe, Romain Grosjean, que terminou o dia em penúltimo. Carlos Sainz, também da Renault, foi o oitavo, à frente de Daniel Ricciardo, enquanto Fernando Alonso completou o top-10.

Na rabeira do grid, novamente terminou a Williams de Lance Stroll. O canadense não conseguiu se acertar com o FW41 nos dois treinos do dia, enquanto Sergey Sirotkin foi um pouco mais consistente e finalizou em 16º. Um começo de temporada terrível para a lendária equipe britânica.
Lewis Hamilton terminou a sexta-feira na frente, mas com a Ferrari muito próxima  (Foto: AFP)
A F1 volta à pista neste sábado para o terceiro treino livre, marcado para 0h (horário de Brasília), e depois para a definição do grid de largada, que vai acontecer às 3h. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todas as atividades de pista do GP da China, terceira etapa da temporada 2018 da F1.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da China

A segunda sessão desta sexta-feira começou sob 40% de chance de chuva em Xangai. Sem perder tempo, as equipes logo liberaram seus pilotos à pista para a execução das primeiras voltas no período da tarde. E quem puxou a fila foi a dupla da Haas, com Romain Grosjean e Kevin Magnussen aferindo os primeiros tempos do treino. A ordem dos ponteiros variou e chegou a contar com Brendon Hartley, Nico Hülkenberg e até Sergio Pérez.

Mas a alternância teve fim quando a Mercedes mandou à pista seus dois pilotos com pneus macios. Valtteri Bottas foi o primeiro a ocupar a liderança ao marcar 1min34s387. Lewis Hamilton cometeu um erro na sua primeira tentativa depois de ter sido atrapalhado pelo tráfego, mas na segunda, tomou a ponta do seu companheiro de equipe ao ser 0s2 mais rápido. Sebastian Vettel, Kimi Räikkönen e Max Verstappen completavam o top-5 com 22 minutos de sessão.
Kimi Räikkönen encaixou bom desempenho ao longo da sexta-feira de treinos livres em Xangai (Foto: Ferrari)
A Mercedes não ficou muito tempo na liderança. Kimi, que mostrou um rendimento bem forte no primeiro treino, emendou um stint bastante sólido e superou primeiro Bottas para, voltas depois, cravar 1min34s063 e anotar o então melhor tempo da tarde. Só que as Flechas de Prata voltaram à pista com os pneus ultramacios. Aí foi natural que os tempos despencassem. Lewis registrou 1min33s482 para subir novamente à ponta do treino. Bottas virou ótimo tempo e ficou a apenas 0s033 da marca de Hamilton, subindo para P2.

Hülkenberg, em quarto lugar, era a grande surpresa da primeira meia hora de treino. O alemão conseguia se posicionar à frente de Vettel, Ricciardo e Verstappen por um tempo. Sergey Sirotkin, considerando as limitações do carro da Williams, conseguia andar bem e chegou a figurar no top-10. Já o parceiro Lance Stroll seguia em último — posição na qual terminou o primeiro treino — e rodava após uma volta rápida.
Nico Hülkenberg chegou a posicionar sua Renault em quarto lugar no treino (Foto: Renault)
Quando Vettel fez sua volta com os ultramacios, a marca foi boa o bastante para ser apenas 0s1 mais lenta que a de Hamilton. Mais atrás, Sirotkin sofria com um problema inusitado. O russo perdeu o espelho do retrovisor direito e alegou a turbulência no tráfego como causa do problema.

Exatamente na metade do treino, Räikkönen mostrou que a Ferrari estava mesmo mais próxima à Mercedes neste segundo treino. Com 1min33s489, o 'Homem de Gelo' subiu para segundo e ficou a apenas 0s007 do tempo de Hamilton, posicionando-se à frente de Bottas e Vettel. Mais atrás, Verstappen completava o top-5.
Stoffel Vandoorne parou depois de ver uma roda mal fixada no seu carro no fim do treino (Foto: Reprodução)
A partir dos 45 minutos finais, as equipes começaram a dedicar mais tempo e quilometragem para avaliar o desempenho dos carros em ritmo de corrida. Pierre Gasly e Brendon Hartley, por exemplo, conseguiram emendar um stint longo com os pneus ultramacios. A ideia era entender o desgaste dos compostos no asfalto abrasivo de Xangai para traçar a melhor estratégia para o domingo.

No cálculo da média dos tempos de simulação de corrida, feito pela emissora Sky Sports, Hamilton virava com 1min39s14 de média, mas Bottas e Ricciardo estavam só um pouco mais atrás e com o mesmo tempo: 1min39s17. Tal cenário indica uma Red Bull com possibilidades reais para domingo.

No fim do treino, aconteceu outro problema com roda mal fixada na temporada. Stoffel Vandoorne teve de encostar sua McLaren em razão de um problema na roda traseira direita. Pouco depois, a chuva finalmente deu as caras em Xangai e, na prática, determinou o fim dos trabalhos de pista nesta sexta-feira.

F1 2018, GP da China, Xangai, segundo treino livre: 

1   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:33.482   26
2   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:33.489 +0.007 26
3   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes 1:33.515 +0.033 27
4   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:33.590 +0.108 27
5   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer 1:33.823 +0.341 26
6   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:34.313 +0.831 30
7   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari 1:34.458 +0.976 26
8   55 Carlos SAINZ JR ESP Renault 1:34.473 +0.991 28
9   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:34.557 +1.075 26
10   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Renault 1:34.632 +1.150 23
11   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes 1:34.792 +1.310 30
12   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes 1:34.847 +1.365 33
13   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Honda 1:34.849 +1.367 30
14   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Renault 1:35.163 +1.681 22
15   28 Brendon HARTLEY NZL Toro Rosso Honda 1:35.333 +1.851 37
16   35 Sergey SIROTKIN RUS Williams Mercedes 1:35.340 +1.858 31
17   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari 1:35.624 +2.142 29
18   16 Charles LECLERC MCO Sauber Ferrari 1:35.916 +2.434 26
19   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari 1:36.471 +2.989 26
20   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes 1:37.147 +3.665 19
          Tempo 107% 1:40.026 +6.544  
                 
Recorde Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:31.678 08/04/2017  
Melhor volta Michael SCHUMACHER ALE Ferrari 1:32.238 26/09/2004  



”O IMPORTANTE NÃO É SÓ LEVAR DINHEIRO”

SETTE CÂMARA TRAÇA F1 COMO META E MIRA CARREIRA SÓLIDA