F1
15/07/2013 10:03

Sauber anuncia parceria com empresas russas, deixa crise para trás e garante futuro na F1

A equipe suíça contará com o apoio de três grandes empresas russas, o que ajudará o time a sanar as dívidas, além de desenvolver o carro, mas, em contrapartida, terá que promover o GP da Rússia e inscrever um carro para Sergey Sirotkin
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

O futuro da Sauber na F1 está a salvo. Após passar por dificuldades financeiras durante a temporada 2013, quando atrasou o salário de Nico Hülkenberg assim como o pagamento a fornecedores, a equipe suíça anunciou no início da manhã desta segunda-feira (15) um acordo com três grandes empresas russas.

A equipe terá o patrocínio do Fundo Internacional de Investimento Corporativo (Investment Corporation International Fund), do Fundo Estadual de Desenvolvimento do Noroeste da Federação Russa (State Fund of Development of North-West Russian Federation) e do Instituto Nacional de Tecnologia da Aviação (National Institute of Aviation Technologies).
O futuro da Sauber na F1 está garantido (Foto: Getty Images)

“Nós estamos animados em anunciar um acordo entre o Fundo Internacional de Investimento Corporativo, o Fundo Estadual de Desenvolvimento do Noroeste da Federação Russa e o Instituto Nacional de Tecnologia da Aviação com a equipe Sauber, incorporando também a promoção da F1 na Rússia e o desenvolvimento de soluções de alta tecnologia”, disse a equipe em um comunicado.

Além de ter conseguido o orçamento necessário para se manter na F1, a equipe suíça ainda vai pode contar com o trabalho de cientistas e engenheiros russos no desenvolvimento dos novos carros. O objetivo da parceria é também comercializar a tecnologia do Leste Europeu.

“Com o Instituto Nacional de Tecnologia da Aviação, uma das instituições líderes em pesquisa científica na Rússia, a equipe Sauber vai se beneficiar do avançado know-how dos cientistas e engenheiros russos. O objetivo da parceria é abrir novas perspectivas de receitas ao comercializar o desenvolvimento conjunto de tecnologias”, acrescentou o time.

“Essa cooperação extensiva vai mostrar as inovações russas na principal categoria do automobilismo mundial. Ao mesmo tempo, a Sauber terá uma fundação sólida pra aumentar a competitividade a longo prazo”, encerrou.

Em contrapartida, a Sauber terá a obrigação de promover o GP da Rússia, que estreia na F1 em 2014, além de desenvolver a carreira de Sergey Sirotkin, de 17 anos de idade, competindo atualmente na World Series. O russo será um dos titulares no ano que vem.

O comunicado, portanto, acaba com os rumores de que Nicolas Todt fosse assumir o comando da equipe e, até o momento, não inclui o envolvimento do banco russo SMP, presente em diversas categorias do automobilismo mundial.

Quer andar de Nascar com Christian Fittipaldi em Orlando? CLIQUE 


Siga o GRANDE PRÊMIO                     Curta o GRANDE PRÊMIO


Últimas Notícias
domingo, 24 de junho de 2018
F3
F1
F1
DTM
Outras
F1
F2
sábado, 23 de junho de 2018
F1
Indy
Indy
F2
Indy
Indy
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook