Copa GP

Alex Campo cita corrida “cansativa” e valoriza salto no campeonato com segundo lugar na Granja Viana

Piloto da Scuderia GP em 2018, Alex Campo terminou em segundo lugar na quinta etapa da Copa GP de Kart e ficou satisfeito com a evolução que conseguiu na tabela de classificação do campeonato

Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
Alex Campo, definitivamente, vive ótima fase na Copa Grande Prêmio de Kart 2019. Depois de vencer com sobras a terceira etapa na Granja, Campo foi décimo em Interlagos, e, no último sábado (1), voltou ao pódio ao finalizar a quinta etapa na segunda colocação. 
 
O resultado, porém, não veio fácil. O piloto, que disputou as 500 Milhas da Granja Viana em 2018 pela Scuderia GP, disse que as condições da pista não eram tão favoráveis, o que exigiu, além de uma constante adaptação, um esforço físico além do convencional.
 
"Meu kart de reta não era tão bom, mas de freio e retomada ele era bom. Larguei razoavelmente bem, pulei para terceiro. Fui constante, a pista estava de molhada para seca, foi secando e eu fui sempre me adaptando. A cada cinco voltas eu freava um pouco mais para frente. Consegui chegar no tempo do Ariel, aí estabilizou", explicou Campo, que mencionou a ajuda de Sidney Rogério.
 
"O Sidney me ajudou porque o kart não tinha reta, ele me empurrou. Depois meu kart acordou e deu tudo certo. A pista estava dura, bem cansativa, porque tem três zebras que você precisava pular, caso contrário perdia muito tempo. No final minha mão não estava abrindo, foi cansativo", comentou.
 
Por fim, Alex Campo valorizou o segundo lugar, sobretudo na briga pelo campeonato.
 
"Cheguei na frente de todos que estavam na minha frente no campeonato, isso é muito bom porque dou um salto. É importante. Minha briga não é pela Taça JP de Oliveira, infelizmente, mas é pela tabela final", concluiu.
 
A Copa GP de Kart volta à Granja Viana no início de julho para a decisão da Taça João Paulo de Oliveira.
Corsa