Copa GP

Soberano na terceira etapa, Alex Campo diz que voltar a vencer na Copa GP de Kart é “conquista imensa”

Alex Campo pulou para a ponta ainda na largada e não saiu mais da primeira posição até receber a bandeira quadriculada. O piloto, que fez parte da Scuderia GP nas 500 Milhas de 2018, se mostrou bastante feliz com mais um triunfo

Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
Alex Campo dominou a terceira etapa da Copa Grande Prêmio de Kart, realizada na Granja Viana, que encerrou a Taça Edgard Mello Filho. Quarto no grid, o piloto fez uma largada espetacular e pulou para a ponta já na curva 1, superando três adversários de uma só vez. 
 
Dali em diante, Campo fez uma pilotagem segura na pista molhada, abriu boa vantagem para os demais competidores e só foi ameaçado nos metros finais, quando Alfredo Salvaia, o pole-position, se aproximou. Mas, a tarde era mesmo de Campo, que venceu pela segunda vez na Copa GP. 
 
Após a prova, Campo contou como construiu sua vitória. “Este ano a classificatória não vale pontos, então eu me vi em quinto lugar e fiquei testando traçados para a bateria final. O Gustavo Ariel e eu ficamos lá fazendo todas linhas possíveis, foi até divertido! Na final eu sabia exatamente onde passar o kart e deu certo”, disse.
O pódio da terceira etapa da Copa GRANDE PRÊMIO de Kart 2019 (Foto: Gabriel Pedreschi/Grande Prêmio)
O piloto também fez questão de comentar sobre a largada, o momento decisivo para o triunfo. “Eu vim treinando um jeito diferente de largar, que é antes de apagar as luzes, e eu larguei bem. Assim que apagou eu já estava com o pé no acelerador, e a gente sabe que da linha de largada até a curva 1 tem aproximadamente 50 metros e 2 ou 3 km de velocidade faz toda a diferença”, comentou.
 
Campo ainda se mostrou bastante satisfeito com a segunda vitória na competição que, aliás, lhe traz ótimas recordações.
 
“O sentimento de voltar a vencer é ímpar. A Copa GP é um dos principais campeonatos de kart que eu corro, eu me empenho, estudo, leio telemetria, descubro o traçado. A Copa GP realizou o meu sonho de correr as 500 Milhas Profissionais, realizou o sonho de outros pilotos e temos tantas histórias boas. Então voltar a vencer nessa Copa que é tão difícil, e que neste ano tem um grid mais forte também, sem dúvida é uma conquista imensa. É bem gratificante mostrar para os parceiros e para a família que temos potencial”, acrescentou.
Logo Corsa
Por último, o membro da Scuderia GP no ano passado falou sobre a sequência do campeonato, que ainda tem sete etapas pela frente. 
 
“A estratégia agora é treinar mais. Essas últimas semanas me mostrou que estou no caminho certo de estudo, treino e entrar na pista mentalmente forte. Tenho de intensificar isso para conseguir bons pontos na próxima etapa e tentar me recuperar no campeonato. A vitória dá uma força extra, são ótimos pontos, e um ótimo recado para os adversários mostrar que com equipamento a gente vai chegar na frente e dar trabalho”, finalizou.