“Muito feliz”, Kubica ressalta “teste produtivo e bem-sucedido” no DTM

Com a BMW, Robert Kubica participou de uma sessão de testes promovida pelo DTM nesta semana em Jerez, na Espanha. O polonês, que ainda não fechou contrato com a montadora bávara, destacou o desempenho da M4: “A pilotagem me surpreendeu muito positivamente”

Robert Kubica voltou a pilotar um carro do DTM nesta semana. No início de 2013, o polonês aceitou um convite de Toto Wolff para pilotar um bólido da Mercedes na categoria. Agora, perto do fim de 2019, Kubica guiou uma BMW M4 DTM no circuito de Jerez, na Espanha. E as impressões, de acordo com o piloto, foram as melhores.

 
A BMW convocou Marco Wittmann e Phillip Eng, titulares no DTM, além de Nick Yelloly, piloto da marca nas corridas de GT, e Kubica, para o teste. O polonês foi uma das novidades da sessão, que compreendeu também as presenças dos novos contratados da WRT, equipe da Audi na categoria: Ed Jones e Fabio Scherer.
 
Em declaração veiculada pelo site da BMW pouco depois da sessão, Kubica revelou muita satisfação com aspectos do carro e, naturalmente, teceu algumas comparações com o F1 que estava acostumado a pilotar ao longo da temporada.

Robert Kubica participou da sessão de testes do DTM em Jerez (Foto: BMW Motorsport)
“Certamente, foi um teste muito produtivo. Foi minha primeira vez em uma nova geração de carros do DTM. Tive muitas coisas para aprender e muitas coisas para descobrir e, claro, foi diferente do que eu estava acostumado nos últimos anos”, disse Robert.
 
“Algumas coisas no carro do DTM me surpreenderam positivamente. Nas minhas primeiras voltas no carro eu me senti confortável nas retas, o que é sempre algo que um piloto está buscando quando testa e descobre novos carros. Porque, se você se sente confortável a confiante, sua volta é rápida e tua vida fica mais fácil. Então, definitivamente, a pilotagem do carro me surpreendeu muito positivamente”, avaliou.
 
“Há, claro, algumas diferenças com um carro de F1, como o peso do carro, e embora os carros do DTM tenham muito downforce, é menos do que na F1. Acho que é um carro muito prazeroso de guiar e muito avançado também no aspecto técnico. Curti muito o teste e o trabalho com a equipe. Acho que passamos por muitas coisas com um resultado bem-sucedido, então, sim, estou muito feliz”, finalizou Kubica.
 
O polonês busca um lugar para seguir em atividade na próxima temporada como piloto do DTM ao mesmo tempo em que tenta permanecer vinculado à F1 como piloto de testes. Kubica negocia com Haas e Racing Point para ter um lugar para desenvolver a função em 2020.

Carregando…

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube