Com Webber, Bernhard e Hartley, Porsche mantém domínio do fim de semana e leva vitória nas 6 Horas de Nürburgring

O trio de Mark Webber, Timo Bernhard e Brendon Hartley tirou vantagem de uma longa punição dada aos companheiros de equipe Marc Lieb, Neel Jani e Romain Dumas para vencer as 6h de Nürburgring com sobras neste domingo (30). Mesmo com os contratempos, os dois Porsches foram os primeiros a cruzar a linha de chega, formando a dobradinha alemã em solo alemão

As 6h de Nürburgring, disputadas neste domingo (30), pareciam destinadas à Porsche. Dominante desde os treinos livres, a marca precisou de poucas voltas para mostrar a vantagem sobre Audi e Toyota. Daí em diante, era uma questão de saber qual dos dois carros venceria. E quem levou a melhor foi o #17 de Mark Webber, Timo Bernhard e Brendon Hartley.
 
O trio precisou se recuperar de um começo de prova difícil. Atrás do outro Porsche, o #17 precisou fazer um longo pit no começo da prova para trocar a parte dianteira do bólido. A sorte do trio é que o #18 de Marc Lieb, Neel Jani e Romain Dumas precisou cumprir três stop & go por irregularidades no reabastecimento. Ao todo, seriam 65s parados nos boxes.
Porsche na frente da Audi: normal em Nürburgring (Foto: WEC)
Aí ficou fácil para o #17 tomar a ponta. Enquanto isso, o #18 se preocupava com o Audi de Lucas di Grassi, Loïc Duval e Oliver Jarvis, então terceiro – isso até que o carro gêmeo, de André Lotterer, Benoît Tréluyer e Marcel Fässler, tomasse a posição. Todavia, nenhum dos dois foi capaz de realmente ameaçar a Porsche.
 
Já uma volta à frente, Webber, Bernhard e Hartley rumaram para uma vitória relativamente fácil. Trata-se do primeiro triunfo do trio em 2015, segundo da Porsche na temporada – seguido das 24h de Le Mans.
 
Na LMP2, a vitória ficou com o Oreca de Matthew Howson, Richard Bradley e Nick Tandy. O trio veio com 1min de vantagem sobre o Ligier de Roman Rusinov, Julien Canal e Sam Bird. O brasileiro Pipo Derani, companheiro de equipe de Gustavo Yacaman e Ricardo Gonzalez, fechou o pódio da classe.
A Porsche não deu chances aos rivais em Nürburgring (Foto: WEC)
Na LMGTE Pro, outro triunfo da Porsche. Com o 911, pilotado por Richard Lietz e Michael Christensen, os alemães conseguiram o segundo triunfo da tarde.
 
Já na LMGTE Am, a glória ficou com a Ferrari. Victor Shaytar, Andrea Bertolini e Aleksey Basov cruzaram a linha de chegada com uma volta de vantagem sobre os rivais.
 
O Mundial de Endurance volta às pistas em setembro, com a disputa das 6h do Circuito das Americas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube