Di Grassi fala em acabar com retrospecto ruim da Audi em Fuji e sonha com título: “Enquanto houver chances, vou lutar”

Lucas Di Grassi acredita que pode conquistar o título do WEC em 2016. Para isso, porém, sabe que acabar com o retrospecto sem vitórias da Audi em Fuji é fundamental

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A enorme recuperação no eP de Hong Kong do último fim de semana encheu de esperanças Lucas Di Grassi para buscar uma virada na classificação da temporada 2016 do WEC. Ocupando a segunda posição com a Audi, o brasileiro tem uma diferença grande para tirar para a o trio #2 da Porsche e sabe que, se quiser ser campeão, vai precisar também de um pouco de sorte. 

Até aqui, Di Grassi já anotou uma pole e venceu uma corrida, as 6 Horas de Spa-Francorchamps. Neste fim de semana, o WEC chega à Ásia, com as 6 Horas de Fuji na madrugada de sábado para domingo.

 
Lucas mostrou-se totalmente focado em seguir a perseguição contra o trio do Porsche #2 e se apegou na grande recuperação que teve na F-E em Hong Kong para manter o nível de esperança lá em cima.
 
"Estamos ainda buscando o Porsche #2 na liderança do campeonato. Estamos atrás e vamos precisar contar com um pouco de sorte. Não vamos desistir nunca, como aconteceu em Hong Kong, na semana passada, na F-E. Vamos tentar até a última corrida. Enquanto houver chances matemáticas, nós vamos lutar pelo campeonato", disse.
Di Grassi, Duval e Jarvis buscam a reação no Japão (Foto: Audi Sport)
O brasileiro busca também quebrar a incômoda escrita da Audi de nunca ter vencido uma prova do WEC no Japão. Até aqui, foram três vitórias da Toyota e uma da Porsche.
 
"Fuji é uma pista em que a Audi nunca venceu, então seria muito importante conquistar esta primeira vitória para a equipe aqui, bem como para avançar no campeonato. Vamos dar o máximo, como fazemos todas as vezes", completou.
 
Com três provas para o final do campeonato, Romain Dumas, Neel Jani e Marc Lieb lideram com 130 pontos, enquanto Di Grassi e seus companheiros Loïc Duval e Oliver Jarvis aparecem logo atrás, com 92,5.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube