Farfus disputa 24 Horas de Le Mans e volta ao WEC como piloto da Aston Martin

O curitibano, que é vinculado à BMW, vai correr as três últimas etapas da supertemporada 2019/20 do Mundial de Endurance no Aston Martin Vantage GTE #98 da classe LMGTE-Am. Augusto Farfus, que formará trio com Paul Dalla Lana e Ross Gunn, vai substituir o britânico Darren Turner, que vai se dedicar ao desenvolvimento do supercarro Valkyrie na sequência deste ano

Vinculado à BMW desde os tempos em que corria no antigo WTCC, em 2008, Augusto Farfus vai defender a Aston Martin nas três últimas etapas da supertemporada 2019/20 do Mundial de Endurance, incluindo as 24 Horas de Le Mans, que neste ano vão ser realizadas em setembro. O curitibano de 36 anos, vencedor das 24 Horas de Daytona em janeiro e que nesta terça-feira pilota a BMW M4 durante sessão de testes do DTM com a marca de Munique em Spa-Francorchamps, vai pilotar o Aston Martin Vantage GTE #98 da classe LMGTE-Am, tendo como parceiros Paul Dalla Lana e Ross Gunn.

Farfus vai substituir o britânico Darren Turner, piloto oficial da Aston Martin e que foi alocado nesta sequência de 2020 para se dedicar ao desenvolvimento do Valkyrie, supercarro de rua da tradicional marca inglesa.

Augusto Farfus vai voltar para as 24 Horas de Le Mans. Pela Aston Martin (Foto: BMW)

Campeão mundial de GT em 2018, Farfus disputou as duas últimas temporadas do Mundial de Endurance, incluindo aí as edições das 24 Horas de Le Mans, com a BMW. Entretanto, a montadora bávara decidiu encerrar o seu projeto oficial nas corridas de longa duração, mas segue em operação com as Rahal Letterman Lanigan, que é o braço da marca alemã no IMSA SportsCar nos Estados Unidos. No ano passado, Farfus foi emprestado pela BMW para competir pela Hyundai na temporada do WTCR.

Neste ano, Farfus integra o programa da BMW com a equipe Walkenhorst no Intercontinental GT Challenge, que teve uma etapa disputada antes da pandemia, as 12 Horas de Bathurst, na Austrália.

Além das 6 Horas de Spa-Francorchamps, marcadas para 15 de agosto, das 24 Horas de Le Mans, entre 18 e 19 de setembro, e da etapa final da temporada do WEC, no Bahrein, em 21 de novembro, Farfus também vai competir na segunda rodada do European Le Mans Series (ELMS), também em Spa-Francorchamps, em 9 de agosto, tendo como parceiros Dalla Lana, que é dono do carro, e Mathias Lauda.

O veterano canadense Dalla Lana deu as boas-vindas ao curitibano. “Sou amigo do Augusto há muito tempo e queríamos correr juntos, mas só agora, com uma pausa no seu programa, é que conseguimos fazer isso”, disse o dono do carro.

Diretor da Aston Martin Racing, John Gaw complementou. “Paul escolheu recrutar Augusto Farfus para competir com ele, e estamos ansiosos para recebê-lo na equipe”.

Farfus vai se juntar, assim, a outros seis brasileiros já inscritos para a edição de 2020 das 24 Horas de Le Mans, excepcionalmente agendadas para setembro por conta da pandemia do novo coronavírus. Na primeira lista de inscritos, aparecem os nomes de Bruno Senna, André Negrão, Pipo Derani, Daniel Serra, Felipe Fraga e Marcos Gomes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube