Endurance

Fora da F1, Hartley assina com RLR e volta a disputar 24 Horas de Le Mans na classe LMP2

Brendon Hartley perdeu a vaga na Toro Rosso na F1, mas ganhou a chance de voltar ao grid das 24 Horas de Le Mans. Dois anos após vencer a prova com a Porsche, o neozelandês vai vestir as cores da RLR na classe LMP2
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Brendon Hartley está terminando de montar seu calendário para 2019. Além de ter virado piloto de simulador da Ferrari e de fechar com a SMP para substituir Jenson Button em Sebring e Spa, o neozelandês assinou com a RLR e, nesta sexta-feira (15), foi confirmado na disputa das 24 Horas de Le Mans.
 
O piloto de 29 anos vai correr na classe LMP2, nesta que será a primeira aparição da equipe no grid da principal prova do Mundial de Endurance. A RLR conquistou a oportunidade ao levar o título da LMP3 no ELMS de 2018.
Brendon Hartley vai disputar mais uma vez as 24 Horas de Le Mans (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Fora dos planos da Toro Rosso após um 2018 fraco na F1, o neozelandês vai formar trio com Arjun Maini e John Farano apenas dois anos após ter vencido a prova com a Porsche.
 
Além da vitória em Le Mans, Hartley acumula dois títulos no WEC, ambos na classe LMP1 e com a Porsche, em 2015 e 2017, o que o credenciou à vaga na F1 mesmo já bem mais velho que os demais novatos.