Endurance

Kobayashi disputa temporada 2013 do WEC pela AF Corse: “É uma honra entrar para a família Ferrari”

O acerto coloca Kamui Kobayashi na história da Ferrari como o primeiro asiático contratado pela escuderia de Maranello
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Longe de ter futuro definido na F1, Kobayashi foi o primeiro a marcar tempo neste sábado (Foto: Sauber)

Kamui Kobayashi é o mais novo piloto da Ferrari. Primeiro asiático contratado pela fábrica italiana, o japonês vai disputar a temporada 2013 do Mundial de Endurance pela equipe AF Corse. A estreia já tem data marcada: 14 de abril, nas 6 Horas de Silverstone, na categoria GTE Pro.

Ainda não é certo, porém, o nome do companheiro de equipe de Kobayashi. Na lista de inscritos para a abertura do campeonato divulgada na última sexta-feira pela FIA, a AF Corse tem apenas dois pilotos confirmados: Gianmaria Bruni, no carro #51, e Olivier Beretta, no #71. A tendência é que o quarto piloto do time de Amato Ferrari seja Giancarlo Fisichella, que ajudou a Ferrari a conquistar o título da GTE Pro no ano passado. Esse anúncio será feito no fim do mês, nos treinos que acontecerão em Paul Ricard, na França.

Kobayashi e Domenicali anunciam acordo para o Mundial de Endurance (Foto: Facebook)

O anúncio foi feito pelo Facebook da Academia de Pilotos da Ferrari, junto de uma foto de Kobayashi com Stefano Domenicali, chefe do time de F1. “Estou satisfeito por anunciar hoje a minha nova função”, declarou o nipônico de 26 anos.

“É uma honra entrar para a família Ferrari. Será a primeira vez que vou competir em corridas de endurance com carros GT, não posso esperar pelo começo do trabalho com a AF Corse e eu realmente espero que possa brigar pelo título, junto de meus companheiros”, disse Kamui.

“Vou trabalhar duro e dar o meu máximo nesse novo capítulo da minha carreira, sabendo que posso contar com o apoio dos meus fãs. Gostaria de agradecer à Ferrari por essa oportunidade e, finalmente, dedicar essa nova aventura a todos no Japão, que, neste dia, vive o segundo aniversário do devastador terremoto que atingiu nosso país”, finalizou.

Há um mês, Kobayashi havia testado a Ferrari F458 em Aragão, na Espanha. Na ocasião, outros pilotos foram avaliados pela AF Corse: Karun Chandhok, Luca Filippi, Davide Rigón e Brandon Maisano.

Na F1, Kobayashi estreou no GP do Brasil de 2009, substituindo o lesionado Timo Glock. Desde então, disputou duas corridas pela Toyota e 58 pela Sauber, somando um total de 125 pontos e conquistando um troféu de terceiro lugar, no GP do Japão de 2012.