Nascar e Hendrick firmam parceria para inscrição nas 24 Horas de Le Mans de 2023

Nascar quer inscrever novo carro na edição 2023 das 24 Horas de Le Mans no programa 'Garage 56', feito para modelos inovadores e criativos, sem valer pontos para Mundial de Endurance

FÓRMULA 1 2022 JÁ VIVE DRAMA E DESCONFIANÇAS (GOSTAMOS!) | WGP

A Nascar e a Hendrick Motorsport anunciaram uma parceria, nesta quinta-feira (17), para levar o novo carro da categoria para competir na edição de 2023 das 24 Horas de Le Mans, a prova mais tradicional do endurance mundial e que completa o centenário no ano que vem.

O projeto, que também tem parceria colaborativa de IMSA, Chevrolet e Goodyear, leva o novo Camaro ZL1, utilizado na Nascar e com modificações adequadas, para a corrida. A participação precisa de aprovação do ACO (Automóvel Clube do Oeste) para ocupar uma das vagas ‘Garage 56’, dedicada a carros inovadores, criativos e de novas tecnologias, fora das tradicionais classes, sem interferir nas tradicionais 55 inscrições da prova e sem valer pontos.

Pierre Fillon, presidente do ACO, participou do evento de lançamento da parceria, realizado em Sebring, na Flórida, que é a sede da abertura da temporada 2022 do Mundial de Endurance, e falou sobre a importância das inscrições inovadoras em Le Mans.

“Garage 56 é uma oportunidade especial em Le Mans, já que está corrida sempre foi uma líder em processos tecnológicos na indústria automotiva por quase um século. Quando a ACO recebe uma inscrição para o programa Garage 56, começamos a falar com designers, parceiros e fornecedores para determinar os parâmetros de performance para que todos no programa tenham sucesso”, comentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O novo carro da Nascar com Chase Elliott (Foto: Nascar)

LEIA MAIS: Briscoe segura Chastain em Phoenix e conquista primeira vitória na Nascar

Será a primeira vez que carros da Nascar disputam as 24 Horas de Le Mans desde 1976. Na ocasião, o fundador da categoria, Bill France fez a inscrição de um Ford Torino e um Dodge Charger para participarem da corrida na classe Grand International. Hershel e Doug McGriff guiaram o Dodge #4, que abandonou após duas horas com um vazamento de óleo, enquanto Dick Brooks, Dick Hutcherson e Marcel Mignot estiveram no Ford #90, que abandonou com 11 horas de disputa, por problemas de câmbio.

“Desde o começo da Nascar, sempre foi importante para o meu pai [Bill France] que tivéssemos um papel visível no esporte a motor internacional, e não existe palco maior do que as 24 Horas de Le Mans. Em parceria com a Hendrick, Chevrolet e Goodyear, temos a equipe, a montadora e o pneu mais vencedor na Nascar. Estamos ansiosos para mostrar a tecnologia do carro da nova geração ao ter um time competitivo na corrida histórica”, comentou Jim France, diretor-executivo da Nascar.

A edição 2022 das 24 Horas de Le Mans está marcada para acontecer entre os dias 11 e 12 de junho. Já a Nascar retorna no próximo domingo com a etapa no oval de Atlanta.

HERTA VIRA PILOTO DE TESTES DA MCLAREN. FÓRMULA 1 ESTÁ PERTO?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar