O desastre de Le Mans: os 65 anos do acidente que mudou a história

O acidente que matou 83 espectadores e o piloto Pierre Levegh durante a disputa das 24 Horas de Le Mans de 1955 completa 65 anos. A história daquela corrida, do terrível acidente e das consequências é contada por Flavio Gomes nesta noite

O acidente que matou 83 espectadores e o piloto Pierre Levegh durante a disputa das 24 Horas de Le Mans de 1955 completa 65 anos. Em um grid recheado de marcas famosas, a disputa principal era entre a Jaguar e a Mercedes. Dois campeões da F1 na década de 1950, Mike Hawthorn e Juan Manuel Fangio brigavam pela liderança da mais difícil corrida do mundo, quando a tragédia aconteceu. O outro carro da Mercedes de fábrica tocou em um retardatário e se chocou contra o muro. Os destroços foram parar nas arquibancadas, ferindo e matando espectadores.

As consequências da maior tragédia da história do automobilismo foram muitas, como o abandono das competições por parte da Mercedes e a proibição das corridas em diversos países. A dinâmica do acidente ainda gera discussão, assim como o número de vítimas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube