Porsche e Penske anunciam parceria para entrada na ‘Era Hipercarros’ de WEC e IMSA

Penske e Porsche retomam parceria iniciado nos anos 1970 para entrada competitiva nos hipercarros a partir da temporada 2023 de WEC e IMSA

Pietro Fittipaldi toca em Sébastien Bourdais e causa big-one com seis pilotos na largada do GP do Texas 2

Duas das marcas mais laureadas do esporte a motor internacional estão juntas para uma entrada no WEC e no IMSA, com os novos hipercarros, a partir da temporada 2023. Porsche e Penske anunciaram o acordo na manhã desta terça-feira (4), por meio de comunicado. Embora o contrato não tenha tempo de duração especificado, as marcas falaram em “vários anos”.

De acordo com a informação dividida por ambas, a Penske irá operar a equipe oficial da Porsche, numa empreitada que será batizada de Porsche Penske Motorsport. O acordo surge após o fim da parceria da Penske com a Acura, braço da Honda, que chegou ao fim na temporada passada.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Porsche e Penske compartilham de um histórico de sucesso nas pistas. A Penske fez seu nome com sucesso quase que sem paralelos no esporte a motor”, disse Fritz Enzinger, diretor-esportivo da Porsche, que já tinha confirmado que retornaria ao cenário da classe principal do WEC.

“Na longa lista de vitórias até o momento, porém, o nome Le Mans ainda está faltando. Espero que consigamos finalmente atingir esse sucesso em 2021, com a Porsche Penske Motorsport. O que também marcaria a 20ª vitória geral da Porsche em La Sarthe”, seguiu.

Penske encerrou parceria com Acura no fim de 2020 (Foto: IMSA)

O presidente da Porsche, Oliver Blume, confirmou que a nova equipe terá duas bases de operação: uma em Mooresvile, no estado estadunidense da Carolina do Norte, e outra em Weissach, na Alemanha.

“Para isso, teremos bases da equipe nos dois lados do Oceano Atlântico. A decisão nos permitirá criar estruturas necessárias para que busquemos vitórias em Le Mans, Daytona e Sebring, por exemplo”, apontou.

Penske e Porsche contam com ligação de longa data. Juntas, conquistaram os títulos de 1972 e 1973 da Can-Am e três 24 Horas de Le Mans na classe LMP2, de 2006 até 2008. Estiveram juntas até a temporada 2009 da americana Grand-Am, antes da mais recente separação.

Roger Penske, fundador e chefão da Penske, também se manifestou.

“É um dia de orgulho para toda a organização Penske. Temos representado a Porsche na pista ou em nossos negócios por mais de seis décadas. A origem e o sucesso que tivemos juntos não têm paralelo em nossa história. Mal posso esperar para começarmos a construir um programa mundial de velocidade com a Porsche para competir por vitória e campeonatos por muitos anos”, finalizou.

A primeira temporada do WEC com a classe LMDh começou no último fim de semana, na Bélgica, com vitória do Toyota #8.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube