Toyota #8 domina 6 Horas de Fuji e vence primeira na temporada do WEC

Com o trabalho facilitado pelo novo sistema de handicap, o trio formado por Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley venceu com facilidade a primeira deles na temporada 2019/20. Bruno Senna e Felipe Fraga, respectivamente na LMP1 e na GTE Am, foram ao pódio

As 6 Horas de Fuji, realizadas durante o horário da madrugada (horário de Brasília) deste domingo (6), terminaram com uma dominante vitória dos campeões. Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley – esse último novato na equipe após substituir Fernando Alonso – abriram mais de meio minuto e confirmaram a primeira deles na temporada 2019/20. Para Hartley, ex-piloto da Porsche, foi a primeira vitória na categoria desde 2017.
 
O trio havia anotado uma pole-position também tranquila no sábado e partiram com a mesma vantagem no domingo – tudo isso facilitado pelo novo sistema de handicap da categoria, que deixa o líder do campeonato com uma desvantagem de velocidade em relação ao segundo. É bom lembrar que o #8 também teve uma desvantagem de velocidade em relação ao resto dos carros LMP1, todos fora da Toyota, mas a vantagem da fábrica japonesa é tamanha que a diferença nem sequer foi percebida. 
 
Cerca de 0s4 mais lento por volta, o trio #7 não conseguiu competir e ficou mesmo com a segunda colocação, mesmo com uma pancada de chuva caindo durante a prova. O terceiro lugar ficou com o Rebellion de Bruno Senna, Norman Nato e Gustavo Menezes, que terminou duas voltas atrás. Senna chegou a desafiar Kamui Kobayashi no Toyota #7 em dado momento, mas a diferença da Toyota falou mais alto.
O trio formado por De Vries, Van der Garde e Van Eerd (Foto: Racing Team Nederland/Twitter)
Já na classe LMP2, a estrela foi o recém-campeão da Fórmula 2, Nyck de Vries. A bordo da Racing Team Nederland, De Vries foi o nome do dia e teve enorme papel na vitória do trio que conta com os compatriotas Giedo van der Garde e Frits van Eerd. De Vries pegou o carro para o stint final com cerca de duas horas ainda por correr e 1min30s atrás dos líderes do momento, da Jackie Chan DC.
 
No fim, o trio #38 da Jota, formado por António Félix da Costa, Roberto González e Anthony Davidson também passou e terminou em segundo. O Jackie Chan #37 de Ho-Pin Tung, Gabriel Aubry e Will Stevens foi terceiro. O trio formado por André Negrão, Thomas Laurent e Pierre Ragues no Signatech Alpine #36 ficou com o sétimo posto.
A dupla formada por Marco Sorensen e Nicki Thiim (Foto: Aston Martin/Twitter)
A Aston Martin também comemorou: Nicki Thiim e Marco Sorensen faturaram a primeira vitória em quase um ano na GTE Pro. A fábrica inglesa ainda conseguiu o terceiro posto na classe, com Alex Lynn e Maxime Martin. Entre as duas, o Porsche #92 de Michael Christensen e Kévin Estre.
 
Por fim, na GTE Am, a TF Sport anotou mais vitória para a Aston Martin: dessa vez, com o #90 de Charlie Eastwood e Jonathan Adam. E de forma dominante, porque foram 42s de frente para a AF Corse Ferrari de François Perrodo, Émmanuel Collard e Nicklas Nielsen.
A dupla formada por Charlie Eastwood e Jonathan Adam (Foto: TF Sport/Twitter)

O terceiro posto foi do #57 da Project 1, com Felipe Fraga no pódio. Jeroen Bleekemolen e Ben Keating guiam ao lado dele. 

 
A temporada do WEC continua no próximo dia 10 de novembro, em pouco mais de um mês, com as 4 Horas de Xangai.


 
Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube