Com ordem de equipe, Toyota vence 8 Horas de Portimão com Buemi, Nakajima e Hartley

A Alpine sonhou com sua primeira vitória na classe principal e lutou de forma valente com os dois hipercarros da Toyota. Mas levou a melhor o protótipo que consumiu menos nas 8 Horas de Portimão, com a tripulação do #8 no topo após confusa ordem de equipe. André Negrão subiu ao pódio na classe principal com a equipe francesa, enquanto Daniel Serra ajudou a AF Corse a completar a dobradinha na classe LMGTE-Pro

Acidente do líder, erro do campeão e vitória de Pérez: os melhores momentos do GP do Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Foi na raça, com luta diante de um oponente valente e com uma confusa ordem de equipe no fim que Toyota conseguiu sua segunda vitória na temporada 2021 do Mundial de Endurance. A tripulação do GR010 Hybrid #8, formada por Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley triunfou nas 8 Horas de Portimão, disputadas neste domingo (13), e ganharam pela segunda vez na classe principal do campeonato, a dos hipercarros. Mas a conquista do #8 só veio depois de duas ordens da Toyota: primeiro, ao pedir que Buemi, que estava a bordo do #8 nas voltas finais, abrisse espaço para José María ‘Pechito’ López, a bordo do #7. Depois, a própria Toyota mudou de ideia e ordenou nova inversão, e o suíço fez a ultrapassagem definitiva.

Assim, López, Kamui Kobayashi e Mike Conway terminaram em segundo. Já a formação da aguerrida Alpine, com o brasileiro André Negrão e os franceses Nicolas Lapierre e Matthieu Vaxivière, fechou o pódio após 300 voltas.

O jogo de equipe da Toyota ficou escancarado nos minutos finais. Em princípio, o time chefiado por Pascal Vasselon ordenou que Buemi, com o carro #8, abrisse passagem para ‘Pechito’ López, que vinha logo atrás com o #7, assumisse a liderança e partisse para a vitória nas últimas voltas. Só que a própria Toyota mudou de ideia e ordenou novamente que o piloto suíço retomasse a liderança quando restavam cerca de 10 minutos para a bandeirada.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

TOYOTA; WEC; ALPINE; 8 HORAS DE PORTIMÃO;
A Alpine (#36) foi valente contra uma Toyota não muito superior nas 8 Horas de Portimão (Foto: FIA WEC/Twitter)

A Alpine conquistou sua primeira pole no Mundial de Endurance na classe principal no último sábado e lutou até onde foi possível pela vitória. Entretanto, em razão das regras de equalização dos carros (o chamado Balanço de Performance), o carro da equipe francesa, que na verdade é um LMP1 da Rebellion, consome mais combustível que os hipercarros da Toyota por ter um tanque de combustível menor, o que resulta em mais paradas para reabastecimento. Entretanto, em termos de tempos de volta, a performance entre Alpine e Toyota foi bastante parecido durante uma longa corrida de 8 horas.

A jornada deste fim de semana também marcou a estreia da Glickenhaus no Mundial de Endurance com o 000 Hypercar. Depois de um extenso trabalho de desenvolvimento do protótipo, a marca britânica promoveu o debute do carro em Portimão, mas o fim de semana não foi fácil, como já previsto. Além dos problemas com um consumo acentuado dos pneus, a tripulação do carro #709 teve ainda de enfrentar um problema no tráfego, quando foi acertada involuntariamente pelo Aston Martin da equipe D’Station Racing, guiado naquele momento por Satoshi Hoshino.

A disputa na classe LMP2 entregou uma empolgante luta pela vitória entre os dois protótipos da equipe Jota. E quem levou a melhor foi o #38, guiado pelo dono da casa, António Félix da Costa, que triunfou ao lado do mexicano Roberto Gonalez e do britânico Anthony Davidson. O carro #38, tripulado por Stoffel Vandoorne, Sean Gelael e Tom Blomqvist, finalizou na segunda colocação, enquanto a United Autosports USA, com Paul di Resta, Phil Hanson e Wayne Boyd, fechou o top-3 da categoria.

GLICKENHAUS; ESTREIA; WEC; ENDURANCE;
A Glickenhaus estreou oficialmente no Mundial de Endurance neste fim de semana (Foto: FIA WEC/Twitter)

Na classe LMGTE-Pro, a mais esvaziada do grid, com apenas quatro carros, a AF Corse garantiu a dobradinha da Ferrari em Portimão. Vitória do carro #51, pilotado por Alessandro Pier Guidi e James Calado, enquanto o brasileiro Daniel Serra e Miguel Molina, com o #52, terminaram em segundo. O top-3 foi completado pela equipe de fábrica da Porsche, que colocou Kevin Estre, Neel Jani e Michael Kristensen a bordo do 911 RSR – 19 #92.

Por fim, na classe LMGTE-Am, desta vez os brasileiros ficaram longe do pódio. A vitória ficou com a tripulação da Cetilar Racing, com Antonio Fuoco, Giorgio Sernagiotto e Roberto Lacorte levando a Ferrari 488 GTE Evo ao fim da corrida com 274 voltas completadas. Marcos Gomes, que compete ao lado de Augusto Farfus e do canadense Paul Dalla Lana no carro #98 da Aston Martin, completou o domingo em quarto lugar na categoria.

E Felipe Fraga, que depois de um fim de semana muito difícil com a TF Sport, concluiu a corrida para a tripulação formada também por Ben Keating e Dylan Pereira a bordo do Aston Martin #33 da equipe.

Com duas etapas já realizadas, o Mundial de Endurance parte para a disputa das 6 Horas de Monza, prova que acontece em 18 de julho. Já a corrida mais tradicional do calendário e uma das mais esperadas de todo o ano, as 24 Horas de Le Mans, acontecem entre 20 e 21 de agosto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar