Trio do Toyota #7 festeja vitória em Le Mans “que preocupou até o final”

Depois de vencer a 89ª edição das 24 Horas de Le Mans, Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López comentaram sobre como a prova foi preocupante até os momentos finais

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Chegada em Le Mans quase teve atropelamento (Vídeo: WEC)

Na 89ª edição das icônicas 24 Horas de Le Mans, enfim, o Toyota #7 conseguiu aproveitar a liderança nas primeiras horas de prova, gerenciar as estratégias e vencer a corrida. O triunfo do trio Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López é o quarto consecutivo da equipe japonesa em Le Mans e mais de 50 mil pessoas presentes no histórico circuito de La Sarthe, na França, acompanharam o primeiro da trinca.

Mas nem tudo foi fácil. O britânico do grupo explicou como um problema com o combustível do carro nas últimas horas de prova colocou o triunfo em risco. Além disso, comentou como uma corrida de endurance, que mistura estratégia e resistência, pode ser complicada.

“Foi difícil. Nas últimas seis horas sabíamos que tínhamos algo no carro que poderia ser um grande problema. Felizmente, a equipe encontrou uma solução para nos manter ativos. Todo o crédito vai para a equipe por descobrir isso e garantir que terminaríamos com 1-2. Isso é muito especial vendo todas essas circunstâncias”, disse Conway.

“As últimas seis ou sete horas foram muito estressantes. Le Mans nunca é fácil, mesmo que você esteja na liderança sozinho, mesmo com muitas voltas à frente, você se preocupa até o final”, acrescentou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O trio Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López não deu chances a ninguém e venceu as 24 Horas de Le Mans (Foto: AFP)

A dobradinha citada pelo britânico foi com o Toyota #8. E, embora tenham chegado ao segundo lugar mais alto do pódio, os companheiros sofreram mais em relação aos vencedores. Isso porque, além de também lidarem com problemas no combustível, perderam rendimento a partir da 18ª hora e, só na parte final, é que foram capazes de retomar o desempenho. Felizmente para a equipe, Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley conseguiram chegar a tempo e marcar um 1-2 para a marca nipônica.

E, por isso, Kobayashi, que faz parte da tríade de vencedores, foi certeiro em sua declaração sobre Le Mans: “Você sempre precisa de sorte. Tivemos alguns problemas durante a corrida. Os engenheiros trabalharam muito duro, tentamos tirar o máximo do carro para dar certo. E estar aqui é uma sensação incrível no final”.

A “sensação incrível” também fez parte da declaração de Lopéz. Afinal, não poderia ser por menos: ele é o segundo argentino a tornar-se vencedor de Le Mans — o primeiro foi José Froilán González, há 54 anos, ao lado do francês Maurice Trintignan. ‘Pechito’ contou como é alcançar o sonho em uma competição com exatas 371 voltas, 186 pilotos e 62 carros.

“Passamos por coisas muito difíceis. Fazer parte disso é incrível. Eu vim de tão longe, tantos anos para este sonho [se tornar realidade]. Não poderia escolher melhores companheiros. Mike [Conway] e Kamui [Kobayashi] são como irmãos para mim. Eu os vi fazendo coisas incríveis no carro, então tenho muita sorte de tê-los como parceiros e, claro, por ter a equipe também”, concluiu López.

A próxima etapa do Mundial de Endurance acontece no Bahrein, no dia 30 de outubro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar