FE

Irritado, Bird chama Vergne de “chicane ambulante” após eP de Paris: “Esqueceu que tem companheiro de equipe”

Sam Bird não gostou da abordagem de Jean-Éric Vergne em uma disputa no eP de Paris. De acordo com o britânico, o companheiro de equipe pilotou como se não tivesse um companheiro de equipe
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Sam Bird e Sébastien Buemi protagonizaram um grande duelo no fim do eP de Buenos Aires (Foto: Getty Images)
O eP de Paris resultou em uma desavença entre os companheiros Sam Bird e Jean-Éric Vergne, dupla da Virgin. Bird não gostou da abordagem de Vergne na largada, quando foi ultrapassado e caiu para terceiro. De acordo com o britânico, o colega “foi uma chicane ambulante”.
 
“Algumas vezes eu penso que o Vergne esquece que tem um companheiro de equipe. Senti que estava muito mais rápido do que ele. Ele foi uma chicane ambulante. Não pedi nada (pelo rádio) e ele estava correndo em casa, o que precisa ser considerado. Mas existe defesa e defesa desse jeito”, disse, em entrevista ao ‘Motorsport.com’.
Jean-Éric Vergne e Sam Bird durante o eP de Paris da F-E neste sábado (Foto: Getty Images)
Além de perder uma posição para Vergne, Bird perdeu outra para Lucas Di Grassi, que disparou na liderança e conseguiu mais uma vitória na temporada 2015/16 da F-E.
 
Depois disso, Sam precisou segurar Sébastien Buemi, quarto e em ascensão. O resultado foi um erro grave: Bird passou reto em uma freada, perdeu muito tempo e voltou apenas em sexto.
 
“Travei os pneus traseiros, o eixo travou muito e eu fui reto. Então voltei o mais rápido possível, mas perdi três posições. 11 pontos é bom, mas sempre é melhor voltar com mais. A boa notícia é que a equipe foi competitiva o fim de semana todo, e em uma corrida muito importante”, relatou.
 
Apesar do resultado mediano, Bird sustentou a terceira posição na classificação do campeonato. O problema é que o piloto da Virgin já está vinte mil léguas submarinas atrás de Buemi e Di Grassi, principais adversários na briga pelo título.
PADDOCK GP #25 FALA SOBRE F1 NA CHINA, INDY, MOTOGP E F-E