12º, Sainz cita “problemas de aderência” e lembra erro “na última curva” do Q2 no Canadá

Apesar do resultado negativo conquistado na classificação para o GP do Canadá, Carlos Sainz mostrou otimismo e afirmou que a Ferrari pode conquistar bons pontos caso as condições adversas se repitam em Montreal

O desempenho ruim de Carlos Sainz durante os treinos livres foi apenas um prenúncio daquilo que estava para acontecer com o espanhol na tarde deste sábado (8) no circuito Gilles Villeneuve. Assim como seu companheiro de equipe da Ferrari, Charles Leclerc, o madrilenho não conseguiu extrair desempenho da SF-24 durante a classificação e caiu no Q2, tendo de se contentar apenas com a 12ª posição no grid de largada do GP do Canadá.

A única vez em que Sainz terminou entre os dez melhores ao longo das atividades em Montreal foi no TL1, quando foi segundo, atrás somente de Lando Norris, da McLaren. Porém, por causa das péssimas condições climáticas — com direito a granizo — e das poucas voltas completadas pela maioria dos pilotos, a primeira sessão do fim de semana não foi nada representativa. Um dia depois, o tempo de 1min12s728 foi insuficiente para fazê-lo ir além do Q2, deixando o #55 amargando a sexta fila ao lado do colega de garagem.

“Foi um sábado difícil para nós”, lamentou Sainz. “Tivemos problemas de aderência e não conseguimos fazer os pneus funcionarem da maneira que gostaríamos. Tentei de tudo na última volta do Q2, mas infelizmente não acertei a última curva e foi aí que perdi as chances de avançar para o Q3”, explicou.

Apesar do resultado negativo, Carlos aproveitou o dia para coletar algumas informações preciosas para o time de Maranello. “Aprendemos algumas coisas. Da minha parte, se tratava mais de mapear a intensidade da chuva e as condições de pista no molhado e no seco. O restante do fim de semana terá condições similares às que foram vistas hoje, então foi importante estudar o comportamento dos pneus”, continuou.

Carlos Sainz espera que condições adversas ajudem a Ferrari neste domingo (Foto: Ferrari)

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

De acordo com Sainz, caso as “condições mistas” de pista seca e molhada se repitam neste domingo, a Ferrari terá boas chances de conseguir um bom resultado e somar mais alguns pontos importantes para a classificação do Mundial de Construtores.

“Continuo otimista para amanhã e penso que ainda podemos trazer alguns bons pontos para casa. Faremos o nosso melhor”, encerrou.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Canadá de Fórmula 1 e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após treinos livres e classificação, além de antes e depois da corrida. No domingo (9), a largada acontece às 15h.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.