3º no grid, Vettel vê Mercedes mais rápida em Baku e lamenta falta de vácuo no Q3: “Isso me custou”

Sebastian Vettel não tem tanta certeza sobre a vantagem da Ferrari sobre a Mercedes. O alemão não ficou 100% satisfeito com o rendimento do carro e ainda saiu prejudicado nas retas no Q3, quando não teve de quem pegar vácuo


 
 
Sebastian Vettel não foi capaz de confirmar as expectativas de pole da Ferrari em Baku neste sábado (27). O piloto alemão acabou com o terceiro melhor tempo em um treino classificatório virado de cabeça para baixo, muito por conta dos acidentes de Robert Kubica e Charles Leclerc. Mesmo assim, Vettel é franco: não é justo dizer que a Mercedes levou a pole apenas pelas adversidades.
 
“Não sei se eles realmente roubaram [a pole]”, disse Vettel. “Acho que hoje eles estavam mesmo mais rápidos do que nós. Para mim, o começo foi devagar. Estava ficando melhor no fim, mas era complicado. A sessão foi muito longa e o sol já estava baixando. Foi difícil achar o balanço certo entre acelerar na volta de saída dos boxes e buscar o vácuo”, continuou.
Sebastian Vettel larga em terceiro em Baku (Foto: Ferrari)

Além de não estar 100% satisfeito com o ritmo da Ferrari, Vettel lidou com um problema secundário – a falta de outro piloto para dar vácuo, que poderia ser o próprio Leclerc.

 
“Eu tive uma boa volta, mas não tive vácuo no fim e isso me custou um pouco. Acho que conseguimos mais ou menos o máximo, mas esperávamos uma sessão melhor, tanto com o Charles [Leclerc] quanto comigo mais próximos da frente”, encerrou.
 
Na briga particular da Mercedes, a vitória foi de Valtteri Bottas. O finlandês surpreendeu Lewis Hamilton com uma reação no Q3.
 
Vettel larga no GP do Azerbaijão de amanhã com a missão de buscar a primeira vitória em 2019. A corrida começa às 9h10 (de Brasília).

Confira a programação do fim de semana do GP do Azerbaijão de F1
Horários de Brasília, GMT -3

SESSÃO DIA DATA HORA
TL1 Sexta 26/4 6h
TL2 Sexta 26/4 10h
TL3 Sábado 27/4 7h
TC Sábado 27/4 10h
GP Domingo 28/4 9h10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar