3º, Vettel lamenta corrida “solitária” em Abu Dhabi e destaca ritmo da Mercedes: “Não dava para acompanhar”

Sebastian Vettel foi para Abu Dhabi garantir o vice-campeonato mundial. A expectativa do público, porém, era que tentasse um bote para cima das Mercedes a fim de dar uma emoção na corrida. Não foi o que aconteceu, e ele ficou mesmo com o terceiro posto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Sebastian Vettel não fez nada de errado no GP de Abu Dhabi deste domingo (26), mas isso não bastou para brigar com Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, respectivamente primeiro e segundo. Em dia de dobradinha da Mercedes, o piloto da Ferrari reconhece que não tinha como fazer oposição.
 
“No começo eu estava forçando mais. Eu larguei bem, mas fiquei sem espaço e travei os pneus. Depois de três, quatro ou cinco voltas eu não conseguiu seguir tão rápido e eles foram embora”, lamentou Vettel. “Depois disso, fiquei bem solitário. No segundo trecho da corrida eu consegui me acertar com o carro. Peguei um ritmo bom, mas não dava para acompanhar os caras [da Mercedes]”, continuou.
Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O terceiro lugar em Abu Dhabi rendeu o 13º pódio de Vettel na temporada 2017. Mesmo fazendo sua melhor temporada pela Ferrari e levando o vice-campeonato, o alemão não conseguiu desafiar Hamilton na briga pelo título.
 
“Parabéns ao Valtteri e parabéns ao Lewis pela temporada. Ele mereceu vencer o campeonato desse ano. Odeio dizer isso, mas ele foi o melhor piloto. Agora vamos fazer nossa parte e tentar volta mais fortes”, encerrou.
 

A F1 agora sai de férias e volta no fim de fevereiro com a primeira sequência de testes coletivos de pré-temporada em Barcelona. Depois, no último fim de semana de março, o GP da Austrália trará a corrida de abertura da temporada 2018.

“CHORAVA COMO UM BEBÊ”

FÉLIX DA COSTA REVELA TRISTEZA APÓS PERDER CHANCE NA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube