4°, Verstappen foca em briga no topo: “Não espero problemas com quem vem atrás”

Max Verstappen talvez já esteja conformado com uma corrida isolada na pista - pois, com o quarto lugar, já afirmou que não espera que os pilotos que saem atrás possam assustá-lo no GP dos 70 Anos

Com as duas primeiras posições praticamente certas para a Mercedes – tirando, claro, problemas como os do final de semana passado, quando o pneu de Valtteri Bottas estourou cedo demais para que pudesse se recuperar -, Max Verstappen analisa o GP dos 70 Anos do próximo domingo (8) dentro da realidade do que pode alcançar.

Por isso, com a quarta colocação no grid, atrás também de Nico Hülkenberg, o holandês acredita que só precisa acertar uma coisa para ter uma boa prova em Silverstone.

Esta, no caso, é a largada: “Temos que fazer com que a saída seja boa de qualquer forma. Não espero muitos problemas com quem vem atrás de mim”, disse Verstappen. Em quinto, sai Daniel Ricciardo, com Lance Stroll completando a fila. Alexander Albon, companheiro de Red Bull, larga em nono.

Max Verstappen em ação em Silverstone (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

“Eu só espero que a largada possa ser boa com os pneus duros. Porque os pneus duros são os médios da semana passada. Podemos perder um pouco na largada por isso, mas acho que para a primeira parte da prova é uma melhor ideia, e depende também se vamos ter safety-cars. A estratégia é, também, diferente dos carros que estarão a minha volta”, concluiu o #33.

Verstappen tem 52 pontos e é o terceiro no Mundial no momento, seis pontos atrás do pole Valtteri Bottas.

A largada do GP dos 70 Anos da Fórmula 1 está marcada para 10h10 (de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL.

Paddockast #73 | A volta da Fórmula E
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube