Hamilton diz que “fez o melhor” e fica sem palavras sobre classificação na Turquia

Lewis Hamilton sente que não tinha como ir além do sexto lugar no grid em Istambul. O britânico reconheceu que a Mercedes teve grandes dificuldades para aquecer os pneus na chuva

Lewis Hamilton não é pole-position na Turquia. Nem larga na primeira fila, nem na segunda. O britânico perdeu muito rendimento em uma classificação sob chuva neste sábado (14) e acabou apenas com o sexto melhor tempo. O momento é de questionamentos para o hexacampeão, que fica sem entender o que houve de errado em Istambul.

“Você não acompanhou o fim de semana? Fui vigésimo no treino livre, isso é evolução”, brincou Hamilton. “Não há como achar aderência. A gente… eu nem sei o que dizer. Tentamos nosso melhor, mas foi horrível e parecia que estávamos andando no gelo”, seguiu.

Hamilton foi sexto, mas nada menos do que 4s7 mais lento que Lance Stroll, incrível dono da pole-position do GP da Turquia. O problema pareceu generalizado na Mercedes, já que Valtteri Bottas também sofreu, inclusive rodando e fazendo só o nono melhor tempo.

Lewis Hamilton não aqueceu os pneus tão bem (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A Mercedes percebeu a secagem da pista e trocou os pneus de chuva pelos intermediários, mas isso não resolveu a dificuldade extrema de encontrar performance.

“Alguns conseguiram aquecer os pneus melhor do que nós. Eu fiz meu melhor, não rodei ou errei. Fiz o melhor que pude”, encerrou.

Hamilton tem em Istambul a primeira chance de conquistar matematicamente o título da F1 2020. O trabalho, entretanto, não será tão simples: é necessário somar 8 pontos a mais que Bottas, com os dois destinados a recuperar terreno na corrida deste domingo.

Stroll divide a primeira fila com Max Verstappen. Sergio Pérez, Alexander Albon e Daniel Ricciardo são os outros que se classificaram melhor que Hamilton.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube