Albon e Latifi trocam câmbio e perdem cinco posições no grid do GP da Rússia

Alexander Albon e Nicholas Latifi realizaram mudanças em suas Red Bull e Williams, respectivamente, e isso altera o grid de largada para o GP da Rússia

Mudanças no grid do GP da Rússia pouco antes do início: tanto Nicholas Latifi, quanto Alexander Albon, perderam cinco posições na largada por troca de câmbio em seus carros.

Williams e Red Bull pediram a autorização para as mudanças na noite do último sábado e foram autorizadas pela FIA: “Os câmbios foram trocados após pedido por escrito. As trocas foram feitas antes de seis corridas consecutivas, e isso não está de acordo com o artigo 34.2 do regulamento”, escreveu em nota Jo Bauer, delegado técnico da entidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Nicholas Latifi novamente ficou no Q3 e terminou em 19º (Foto: Williams)

De acordo com tal artigo, as equipes precisam fazer com que os câmbios durem seis corridas, com uma troca permitida caso o piloto não termine a prova anterior. Não é o caso nem do tailandês, nem do canadense.

Assim, Albon larga em 15° na Rússia, após conquistar o décimo posto na classificação, enquanto Latifi cai para último. Quem mais sai em vantagem é Charles Leclerc, que avança para 10°.

A largada do GP da Rússia vai ser em horário mais cedo que o habitual e está prevista para 8h10 (horário de Brasília). Desde às 7h, o GRANDE PRÊMIO faz a transmissão ao vivo do BRIEFING pré-corrida com a análise do treino classificatório e as últimas informações vindas diretas de Sóchi. Tudo no canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube