Alfa Romeo projeta corrida “caótica” no Azerbaijão como trunfo para voltar aos pontos

Após conquistar o primeiro ponto da temporada nas ruas de Monte Carlo, a Alfa Romeo desembarca esperançosa em Baku para repetir a performance no GP do Azerbaijão

Verstappen assume liderança da F1 após vitória: assista aos melhores momentos do GP de Mônaco (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Com a proximidade do GP do Azerbaijão, que acontece no domingo (6), o clima na Alfa Romeo é de esperança e empolgação para a sexta etapa do Mundial de Fórmula 1. Após Antonio Giovinazzi terminar o GP de Mônaco em décimo e marcar o primeiro ponto na temporada, a equipe de Hinwill vê nas ruas de Baku a grande oportunidade de voltar à zona de pontuação, atestando assim a evolução do carro no campeonato, mas também com uma aposta no caos.

Em entrevista veiculada pelo site britânico RaceFans, Frédéric Vasseur, chefe da Alfa Romeo, traçou um paralelo entre as características dos circuitos de Baku e Mônaco e apontou as semelhanças como um alento para um bom desempenho do C41. “Nós mostramos que, nesse tipo de circuito, conseguimos ter performance”, afirmou.

“Provavelmente será o mesmo no Azerbaijão. Mas lá, você tem duas partes diferentes de pista. Assim como em Macau, você tem a cidade e a filosofia de parte da pista bem parecida com Mônaco. Então você tem a reta de 2,5 kme isso será um pouco mais difícil”, seguiu.

+Com domingo histórico, GRANDE PRÊMIO registra recorde de audiência em maio

Frédéric Vasseur aposta no caos em Baku para a Alfa Romeo ter boas chances de voltar a pontuar em 2021 (Foto: Alfa Romeo)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Nós marcamos um ponto, creio que foi bom para a confiança do Antonio [Giovinazzi] também. Para a equipe, foi ok. Estamos melhorando passo a passo, a cada fim de semana. E isso é o mais importante para mim”, disse.

Vasseur aproveitou para lembrar a alta imprevisibilidade que marca as corridas no circuito, que retorna ao calendário neste ano, após ter sua etapa cancelada em 2020 em decorrência da pandemia de Covid-19. Segundo o francês, o caos promovido por Baku pode ser uma grande oportunidade para a Alfa Romeo pontuar novamente.

“O Azerbaijão, como todos sabemos, tem uma corrida caótica. Provavelmente teremos todas as oportunidades no Azerbaijão e temos de fazer nosso trabalho para ficar na frente dos outros carros. Vamos ver o que vai acontecer”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar