Alonso bate Hamilton por 0s012 e põe Ferrari na frente no primeiro dia de treinos no Canadá

Segundo treino livre mostrou Ferrari e Mercedes fortes em ritmo de classificação. A surpresa do dia foi Romain Grosjean, terceiro colocado. Felipe Massa fechou o dia em sexto, logo à frente de Sebastian Vettel

AMK Viagens cria roteiro para GP da Bélgica com tour por Amsterdã

Fernando Alonso assegurou o melhor tempo desta sexta-feira (7), primeiro dia de treinos livres visando o GP do Canadá de F1, sétima etapa da temporada 2013. A Ferrari do espanhol mostrou boa performance no circuito Gilles Villeneuve e conseguiu superar as praticamente imbatíveis Mercedes em ritmo de classificação. Usando pneus supermacios, o bicampeão do mundo marcou 1min14s818 e foi apenas 0s012 mais rápido que Lewis Hamilton, o segundo colocado. Romain Grosjean repetiu o ritmo e a colocação da manhã, assegurando um lugar no grupo dos três primeiros colocados.

Mark Webber, que apareceu bem no começo do treino e teve bom rendimento com os pneus médios, não repetiu a performance com os supermacios e terminou em quarto, mas fez tempo suficiente para bater a Mercedes de Nico Rosberg, em quinto. O alemão enfrentou alguns problemas durante a tarde e não conseguiu obter desempenho sequer parecido com o de Hamilton. Felipe Massa concluiu a sexta-feira com o sexto melhor tempo, 0s436 atrás de Alonso.

Destaque da manhã, Paul di Resta não conseguiu andar muito durante a tarde, sendo o que menos rodou: apenas 22 voltas. O piloto da Force India enfrentou problemas na traseira do seu carro e não pôde completar um bom stint com pneus supermacios. Assim, o escocês fechou apenas em 13º. Seu companheiro de equipe, Adrian Sutil, foi o oitavo, terminando logo atrás de Sebastian Vettel, sétimo. Jenson Button e Daniel Ricciardo fecharam o top-10 no Canadá.
Fernando Alonso marcou o melhor tempo da sexta-feira no Canadá (Foto: Getty Images)

Bem diferente do primeiro treino livre, a sessão vespertina desta sexta-feira teve pista totalmente seca, embora a previsão do tempo apontasse chuva para a sequência da tarde em Montreal. Desta forma, os 22 pilotos deixaram rapidamente os boxes para aproveitar ao máximo as boas condições do asfalto, já que ninguém sabia até quando ficaria daquela maneira. A maioria deixou os boxes com pneus médios. Alguns, entretanto, fizeram uso dos protótipos desenvolvidos pela Pirelli.

Com praticamente todos os pilotos na pista, exceção feita a Sergio Pérez e Sebastian Vettel, a sessão começou bastante movimentada. O primeiro tempo da tarde foi assinalado por Räikkönen, que cravou 1mi19s090. Mas o tempo seria superado com facilidade poucos segundos depois. O treino mostrou grande alternância nas primeiras colocações da tabela de tempos.

Com dez minutos de sessão, Webber era o líder e, usando os pneus-protótipo desenvolvidos pela Pirelli, assinalou 1min16s513. Com uma pilotagem bastante arrojada, o australiano mostrava boa performance numa das poucas pistas do Mundial deste ano onde a Red Bull ainda não venceu — além de Montreal, os taurinos jamais triunfaram em Austin, que só recebeu uma vez a F1.

Vettel e Pérez finalmente deixaram os boxes após dez minutos de treino e elevaram o nível de ação durante a tarde em Montreal. Mas quem aparecia em destaque era Adrian Sutil e sua Force India. Enquanto Webber havia recolhido para os boxes da Red Bull, o competente alemão assinalou a então segunda melhor marca, que viria a ser terceira depois que seu companheiro de equipe e mais rápido da manhã, Paul di Resta, cravou 1min16s382 e subiu para primeiro, passando Webber e o próprio Sutil. Os comandados de Vijay Mallya vinham aparecendo bem no início do fim de semana do 100º GP da equipe na história da F1.

Mas, obviamente, o treino estava ainda no início. Além dos protótipos e dos pneus médios, os pilotos iriam testar, mais tarde, os supermacios que a Pirelli preparou para o fim de semana em Montreal.
A McLaren segue sendo discreta na temporada (Foto: Getty Images)

Em sua primeira volta rápida, com exatos 15 minutos de treino, Massa alcançou um ótimo tempo e pulou para a segunda colocação, ficando a apenas 0s063 atrás de Di Resta. O brasileiro registrou um giro melhor que o de Alonso, que marcou o sétimo tempo provisório, 0s380 distante do escocês. Vettel, por sua vez, pelejava em sua tentativa de volta rápida e não conseguia mais do que a décima posição.

Massa, provando ter um bom desempenho da Ferrari no começo do treino, tomou a primeira posição de Di Resta ao assinalar 1min16s001. Pouco depois, foi a vez de Alonso e Vettel registrarem marcas mais rápidas, com o alemão ultrapassando o primeiro piloto da Ferrari na tabela de tempos. Por muito pouco, numa dessas passagens pelo circuito Gilles Villeneuve, Fernando não acertou o lendário Muro dos Campeões.

Durante uma volta rápida, Webber acabou perdendo o controle e rodou na curva 6. Contudo, o australiano manteve o motor ligado e conseguiu voltar à pista em seguida sem danificar seu carro. Mark seguia na quarta colocação e estava só atrás de Pérez, terceiro, Di Resta e Massa, o líder provisório do treino.

Aí foi a vez de a Mercedes mostrar o potencial das Flechas de Prata no Canadá. Com pneus médios, Hamilton assinalou a então melhor volta do dia após 28 minutos de sessão. Com 1min15s702, o britânico superou Massa e pulou para a ponta do treino. Rosberg também conseguiu uma boa marca e avançou para a terceira posição após o primeiro terço da tomada de tempos.
Massa terminou o primeiro dia de treinos em Montreal na sexta colocação (Foto: Getty Images)

A performance da Force India, sobretudo de Di Resta, chamava a atenção. Ficava nítido que o resultado da manhã não era fruto apenas do acaso. O escocês cumpriu um grande stint de voltas rápidas e logo retomou um lugar entre os ponteiros, subindo para segundo, apenas 0s3 atrás do tempo de Hamilton. Sutil também vinha bem e, embora não tivesse o mesmo ritmo do companheiro de equipe, era o nono colocado. O 100º fim de semana da Force India era, de fato, muito promissor.

O céu estava cada vez mais fechado. Mas, enquanto a chuva não dava as caras de novo em Montreal, os pilotos começaram a usar os pneus supermacios. Vettel foi um dos primeiros a calçar seu carro com os compostos ‘vermelhos’. E não deu outra. Logo em sua passagem inicial, o alemão anotou 1min15s378 e subiu para a ponta. Contudo, sua marca não foi muito melhor que a de Hamilton com pneus médios: apenas 0s242 mais rápido.

Em seguida, foi a vez de Webber voltar ao topo da tabela. O australiano foi apenas 0s058 mais rápido que Vettel, mas o suficiente para avançar à primeira colocação do treino no Canadá. Seb, contudo, deu o troco em seguida, mas por pouca diferença. A título de comparação, a vantagem de Vettel para Hamilton, terceiro colocado, era de apenas 0s340, muito pouco levando em conta a diferença entre pneus supermacios e médios em Montreal.

Quando Hamilton foi à pista, ficou clara a superioridade da Mercedes em ritmo de classificação. Logo em sua primeira volta rápida com os supermacios, Lewis superou fácil a dupla da Red Bull e cravou 1min15s006, 0s206 melhor que Webber, que havia registrado tempo suficiente para passar Vettel. Em seguida, Hamilton melhorou ainda mais sua marca e foi o primeiro a andar abaixo de 1min15s, cravando 1min14s830.

A outra Mercedes, de Nico Rosberg, não tinha o mesmo rendimento de Hamilton. Entretanto, mesmo reclamando do aquecimento dos pneus traseiros, Rosberg era o terceiro colocado, só atrás de Lewis e Webber. Mas a Ferrari, que sempre anda bem no Canadá, faltava dar o ar de sua graça. E assim aconteceu, com 53 minutos de treino, quando Alonso anotou 1min14s818 e superou Hamilton por meros 0s012, subindo para a liderança da sessão. Massa vinha em quinto, logo à frente de Vettel.

Di Resta não acompanhou a melhora do restante do pelotão porque pouco guiou seu VJM06 com pneus supermacios. Um problema na traseira do seu carro obrigou a Force India a trabalhar duro tentar coloca-lo novamente na pista, sem sucesso. Sutil seguia com um ritmo razoável e era o oitavo. Destaque também para a boa performance de Grosjean, repetindo o que já havia acontecido pela manhã. O franco-suíço figurava em terceiro, só atrás de Hamilton e do líder Alonso.

Com as simulações de classificação já realizadas, as equipes aproveitaram os minutos finais do segundo treino para a realização de avaliação do ritmo de corrida. Assim, ninguém melhorou os tempos em relação à primeira parte da sessão, que acabou sendo toda disputada com pista seca. Alonso confirmou o melhor tempo da sexta-feira em Montreal, com Hamilton em segundo e Grosjean em terceiro. Por sua vez, Massa garantiu o sexto posto no Canadá.

F1, GP do Canadá, Montreal, treino livre 2:

1 Fernando ALONSO ESP Ferrari   1:14.818   48
2 Lewis HAMILTON ING Mercedes   1:14.830 +0.012 45
3 Romain GROSJEAN FRA Lotus Renault   1:15.083 +0.265 40
4 Mark WEBBER AUS Red Bull Renault   1:15.212 +0.394 46
5 Nico ROSBERG ALE Mercedes   1:15.249 +0.431 46
6 Felipe MASSA BRA Ferrari   1:15.254 +0.436 43
7 Sebastian VETTEL ALE Red Bull Renault   1:15.280 +0.462 41
8 Adrian SUTIL ALE Force India Mercedes   1:15.396 +0.578 43
9 Jenson BUTTON ING McLaren Mercedes   1:15.422 +0.604 29
10 Daniel RICCIARDO AUS Toro Rosso Ferrari   1:15.566 +0.748 38
11 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Lotus Renault   1:15.599 +0.781 35
12 Sergio PÉREZ MEX McLaren Mercedes   1:15.661 +0.843 39
13 Paul DI RESTA ESC Force India Mercedes   1:15.855 +1.037 22
14 Pastor MALDONADO VEN Williams Renault   1:16.319 +1.501 46
15 Jean-Éric VERGNE FRA Toro Rosso Ferrari   1:16.351 +1.533 38
16 Valtteri BOTTAS FIN Williams Renault   1:16.374 +1.556 40
17 Esteban GUTIÉRREZ MEX Sauber Ferrari   1:16.475 +1.657 45
18 Nico HÜLKENBERG ALE Sauber Ferrari   1:16.929 +2.111 35
19 Jules BIANCHI FRA Marussia Cosworth   1:17.070 +2.252 41
20 Charles PIC FRA Caterham Renault   1:17.236 +2.418 35
21 Max CHILTON ING Marussia Cosworth   1:17.888 +3.070 45
22 Giedo VAN DER GARDE HOL Caterham Renault   1:18.392 +3.574 39
  TEMPO 107% TL1     1:20.055 +5.237  
               
REC Ralf SCHUMACHER ALE Williams BMW FW26   1:12.275 12/06/2004  
MV Rubens BARRICHELLO BRA Ferrari F2004   1:13.622 13/06/2004  
               
  Condições do tempo                                                           NUBLADO   ar: 17ºC | pista: 19-20ºC  
  Pneu supermacio                                     Pneu médio        

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube