Alonso rechaça favoritismo e diz que Ferrari tem carro mais lento da briga pelo título: "Precisamos melhorar"

Fernando Alonso chega ao GP da Bélgica sabendo que continuará líder do Mundial quando acabar a corrida deste domingo (2), independentemente do resultado. Contudo, ele não acredita que será capaz de se manter no topo da tabela se o desempenho da Ferrari não melhorar

Apesar dos 40 pontos que tem de vantagem para o vice-líder do Mundial de 2012, Mark Webber, Fernando Alonso afirmou que a Ferrari tem o carro mais lento dentre os que disputam o título. Isso faz o espanhol descartar qualquer favoritismo em sua jornada rumo ao tricampeonato. “Duas ou três corridas ruins mudam tudo”, declarou.

O primeiro piloto da Ferrari conseguiu colocar a F2012 na pole-position em duas ocasiões, no GP da Inglaterra e no GP da Alemanha. Contudo, a façanha foi conquistada debaixo de chuva. Com tempo seco, na Hungria, 11ª etapa do campeonato, a distância que o separou de Lewis Hamilton, o melhor do treino classificatório, foi considerada preocupante.

Após as férias, Alonso segue preocupado com desempenho da F2012 (Foto: Ferrari)

“Temos a vantagem nos pontos, mas nós temos uma desvantagem em performance, então não dá para dizer que somos favoritos”, afirmou Alonso. “A diferença entre nós e a pole-position na última corrida foi de oito décimos, o que é um pouco demais”, admitiu.

Alonso disse que, para seguir firme rumo ao título, “precisamos melhorar essa situação”. O asturiano evitou fazer qualquer previsão para as duas próximas corridas, pois são duas pistas que exigem muito pouca pressão aerodinâmica dos carros, mas falou que, em Cingapura, a Ferrari “deverá ter diminuído a diferença para a pole-position”.

“Dos pilotos que disputam o título ou que estão andando na frente, nós claramente somos os mais lentos”, cravou o espanhol, demonstrando se preocupar também com o fato de Jenson Button e Romain Grosjean, que não estão nas primeiras posições do campeonato, aparecerem com alguma frequência nas primeiras posições nas corridas.

Em oito aparições no GP da Bélgica, Alonso não possui um retrospecto muito bom. Ele abandonou quatro vezes e subiu ao pódio em apenas duas ocasições: foi segundo em 2005 e terceiro em 2007.

Grande Prêmio cobre 'in loco' a 12ª etapa do Mundial, com a jornalista Evelyn Guimarães. Acompanhe o noticiário da F1 aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube