Alonso torna a falar que está feliz na McLaren e explica razão da saída da Ferrari: “Perdi a motivação”

Fernando Alonso reafirmou que está satisfeito com a mudança para a McLaren. Segundo o bicampeão da F1, ele havia perdido motivação e felicidade nos tempos finais na Ferrari, coisas que recuperou na McLaren

Fernando Alonso ainda não se cansou de falar dos tempos de Ferrari. Agora veio com mais uma afirmação, quando perguntado se sentia ter feito a mudança de equipe no momento errado: não, porque não estava mais motivado no final de sua estada na Itália.
 
Segundo Alonso, a mudança da McLaren não causa arrependimento. Se a falta de perspectiva na Ferrari o incomodava, o desenvolvimento de um trabalho novo na McLaren o faz ter prazer novamente ao entrar no carro.
 
"Não tenho quaisquer arrependimentos porque estou feliz agora. Estou desfrutando dos fins de semana, desfrutando do meu trabalho e precisava dessa motivação. Perdi a motivação ano passado. Ser segundo ou terceiro por tanto tempo sem progredir… Sem motivação é difícil de trabalhar, e agora tenho tudo isso de volta", falou.
Fernando Alonso está de boa (Foto: AP)
E até brincou dizendo que ao ver o Q3 – pela TV – viu uma entrevista coletiva triste, com os três primeiros colocados insatisfeitos por motivos distintos.
 
"Eu vejo o Q3 normalmente pela televisão, e vi uma coletiva com os três primeiros muito tristes. Um porque rodou na curva um, outro porque rodou na última curva e o terceiro porque é terceiro em todas as condições. Eu estive nessa posição por três anos", seguiu.
 
"Então estou gostando do desafio de estar neste projeto do começo, lá do fim, porque não somos muito competitivos, mas se conseguirmos atingir algo importante vai ser fantástico e ter um gosto melhor", encerrou o bicampeão.
 
Punido com 25 colocações, Alonso vai largar do 19º lugar no GP da Áustria, à frente apenas do companheiro Jenson Button, que recebeu a mesma punição. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube