Alpine vale a vergonha? Comprar motor é escândalo para Renault na F1

Com as desconfianças vazadas sobre o motor, Renault tem realmente de avaliar se vale a pena manter ligações com Alpine na Fórmula 1

Completamente fora de rumo há algum tempo, mas no apogeu da bagunça em 2024, a Alpine entrega um dos piores e mais confusos conjunto da Fórmula 1. E a promessa é de que as coisas não se resolvam rapidamente. Na realidade, a Alpine, braço esportivo da Renault, começa a avaliar a chance de usar motor outra montadora na F1. É um escândalo, segundo Pedro Henrique Marum.

A análise leva em conta o fato de que a Renault sempre usou a Fórmula 1 mais como um laboratório para seus motores que para a equipe oficial, nunca dona do maior orçamento da categoria. A decisão tem de fazer a Renault pensar se avergonha vale a pena enquanto se discute a possibilidade de vender o time.

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como de todas as provas do ano.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.