Andretti negocia compra da Sauber e se aproxima de entrada na F1

Informação é do site RaceFans. Segundo veículo, companhia chefiada por Michael Andretti neste ano negocia compra de 80% das ações da Sauber

GP DA TURQUIA DE F1: HAMILTON COM NOVO MOTOR? RED BULL DE PINTURA NOVA? | Paddock GP #259

Há em curso uma negociação que busca a compra de 80% das ações da Sauber. Caso o negócio seja consolidado, dará uma nova acionista majoritária à tradicional equipe da Fórmula 1. Que companhia é essa? A Andretti. Sim, aquela Michael Andretti.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A informação é do site anglo-alemão RaceFans. O veículo destaca que Michael Andretti negocia a compra de 80% das ações da Islero Investments, a empresa que oficialmente é dona da Sauber desde 2016, por um valor de € 350 milhões – o equivalente a R$ 2.2 bilhões, na cotação do dia.

O negócio, caso confirmado, colocará Andretti efetivamente no comando das divisões de esporte e engenharia da Sauber, a Sauber Motorsport e a Sauber Engineering. Incluindo, claro, a equipe de Fórmula 1.

Inicialmente, o veículo apontava que o negócio era feito por meio da Andretti Acquisition Corporation, empresa do tipo SPAC, popularmente conhecidas como ‘empresas de cheque em branco’ no mercado financeiro. A companhia foi formada em fevereiro e, no fim do mês de março, anunciou a intenção de realizar uma oferta pública inicial – a abertura na bolsa de valores – com expectativa de levantar ao menos o equivalente a R$ 1.3 bilhão.

Entretanto, um porta-voz da empresa afirmou ao GRANDE PRÊMIO que a Andretti Acquisition Corporation funciona de modo totalmente à parte das operações esportivas e nada tem a ver com o negócio.

Alfa Romeo sob nova direção (Foto: Alfa Romeo)
Paddockast #124: Quem é favorito em cada pista que resta na F1 2021?

A Andretti Autosport, divisão de esportes, foi bem menos defensiva, embora tenha desconversado após ser questionada sobre o assunto, mas a Sauber/Alfa Romeo não quis se manifestar.

“Como não é segredo, a Fórmula 1 é um grande interesse de Michael e da equipe há algum tempo. Exploramos e nos aproximamos de várias opções ao longo dos anos, mas não temos nada novo a informar. Nossa paixão são as corridas, em todas as formas. Caso uma oportunidade apareça para levar o nome Andretti de volta à F1, faríamos isso. Mas agora essa oportunidade não caiu em nossos colos e o foco segue nas sete competições que já disputamos”, finalizou ao RaceFans.

A Islero Investments, oficialmente detentora das ações, é um braço da sueca Longbow Finance, companhia-mãe da Sauber desde a compra junto ao fundador Peter Sauber em 2016. Nos últimos três anos, a equipe de Fórmula 1 da Sauber levou o nome de Alfa Romeo por conta de um acordo com a tradicional marca italiana e o Grupo Fiat Chrysler, mas não houve reestruturação no controle da Longbow. O Grupo Fiat Chrysler, dono de Alfa Romeo e Ferrari, teve a chance de adquirir a Sauber no período, mas preferiu não fazer negócio.

Apesar da possibilidade de compra, a Alfa Romeo não está em dificuldades financeiras atualmente. Mesmo com o nono lugar do Mundial de Construtores, o momento é de otimismo com a adição de 500 funcionários nos últimos três anos e a aproximação com relação às equipes maiores na pista. Para 2022 e a nova geração de carros da F1, a equipe fechou com Valtteri Bottas, que chega com know-how da Mercedes após cinco anos.

Não está claro o que um possível negócio significaria para a parceria com a Alfa Romeo e a estrutura atual da equipe chefiada por Fréderic Vasseur, mas esse tipo de empréstimo de nome não é algo estranho à Andretti: a equipe de Fórmula E do grupo levou o nome de BMW nos últimos anos.

Além da Indy e da Fórmula E, a Andretti tem equipe atualmente na Indy Lights, IMSA SportsCar, Supercars e está de entrada na Extreme E.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

F1 NA TURQUIA: RED BULL CONTRA MALDIÇÃO DA PINTURA ESPECIAL + HAMILTON X VERSTAPPEN | WGP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar