Apesar de vibrações e alto desgaste na Inglaterra, Bottas vê furo “imprevisível” no pneu

Valtteri Bottas sabia que os pneus não estavam nas melhores condições, mas não contava com um furo nas voltas finais em Silverstone. O finlandês despencou de segundo para 11°

O até então morno GP da Inglaterra indicava dobradinha tranquila da Mercedes, com Lewis Hamilton em primeiro e Valtteri Bottas em segundo. O desgaste de pneus era um problema, mas que parecia sob controle. Tanto parecia que o furo no dianteiro esquerdo do carro #77, com apenas duas voltas restando, foi imprevisível para Bottas.

“Claro, é decepcionante e muito azarado”, disse Bottas logo após a prova. “Eu sabia que tinha um pneu furado e ainda precisei dar uma volta inteira, o que não é ideal. Sabia que era muito tempo com o pneu duro, mas eu estava pressionando o Lewis [Hamilton]”, seguiu.

“Nas últimas voltas, eu comecei a ter mais e mais vibrações no carro. Eu disse isso no rádio. Nas voltas finais, eu tinha em mente que podia ser um problema e comecei a controlar melhor. Só que foi muito inesperado, não pude prever isso”, lamentou.

F1; FÓRMULA 1; MERCEDES; VALTTERI BOTTAS; GP DA INGLATERRA; TL1
Valtteri Bottas ia garantindo o segundo lugar. Até que o pneu furou (Foto: Mercedes)

Bottas deu uma volta inteira se arrastando na pista. O retorno à pista em 11° com macios permitiu ataque a Sebastian Vettel pelo décimo lugar. Sem sucesso: o alemão se defendeu e levou o finlandês a fechar o fim de semana sem pontos. Enquanto isso, Lewis Hamilton dava sorte: o furo apenas na volta final permitiu arrastar o #44 até o fim, vencendo e levando 25 pontos.

Se ainda quiser sonhar com título, Bottas precisa reagir de imediato. A próxima chance é ainda em Silverstone, no GP dos 70 Anos da próxima semana. E com um detalhe: os pneus disponíveis pela Pirelli serão mais macios.

“É um problema para todos. Certamente não será uma corrida de um pit-stop com os pneus da semana que vem. Tenho certeza de que aprendemos muito com esse fim de semana. Agora é hora de ir em frente”, encerrou.

Max Verstappen herdou o segundo lugar, quase tirando a vitória das mãos de Hamilton. Charles Leclerc completou o pódio em terceiro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube