Após ser acusada pela Red Bull de burlar regulamento, Ferrari nega modificação na suspensão

As últimas semanas na F1 têm sido de troca de acusações entre dirigentes das equipes. Desta vez, Helmut Marko, da Red Bull, acusou a Ferrari de usar a suspensão do carro fora do regulamento, o que foi veementemente negado pelos italianos

Nas últimas semanas, a Red Bull tem enfrentado acusações de que não estaria com o carro dentro do regulamento. A última notícia dá conta de que a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) pediu à equipe austríaca para fazer alterações após saber que os taurinos haviam colocado um dispositivo para regular a suspensão do RB8 no Canadá, o que é proibido pelo regulamento.

Consultor da Red Bull e um dos homens mais influentes dentro de Milton Keynes, Helmut Marko refutou as acusações de que a equipe fez qualquer modificação em seu carro, questionou o motivo de os taurinos serem culpados e acusou a Ferrari de ter usado algo parecido sem que ninguém reclamasse.

"Nós nunca fizemos isso e não sei por que os outros estão chateados. Todos nós sabemos que a Ferrari usou algo parecido por um ano”, acusou Marko à revista alemã ‘Auto Motor und Sport’ nesta semana.

Ferrari afirma que está com o carro dentro do regulamento e refuta as acusações da Red Bull (Foto: Ferrari)

Consultada pela revista ‘Autosport’ sobre o assunto, a equipe italiana negou as acusações de Marko. "Isso é completamente falso", disse um porta-voz da equipe.

"Eles realmente querem nos acusar de burlar o regulamento? Você tem certeza?”, questionou. “Temos toda confiança no papel da FIA para garantir que o regulamento seja plenamente respeitado”, finalizou.

As duas equipes vivem situações distintas no campeonato. Enquanto a Red Bull lidera o campeonato de construtores com 246 pontos contra 189 da Ferrari, apenas a quarta colocada, a equipe italiana vê Fernando Alonso líder absoluto entre os pilotos. A dupla dos taurinos está logo atrás, com Mark Webber na segunda colocação e Sebastian Vettel fechando o top-3.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube