Após teste, Pirelli abre porta para manter pneus de 2019 “se maioria quiser”

O líder do projeto da Pirelli na Fórmula 1, Mario Isola, afirmou que, caso a maior parte das equipes prefira seguir com os pneus de 2019 em 2020, assim será feito. Entretanto, ao menos por enquanto, a fábrica vai seguir trabalhando nos novos modelos

A quarta-feira (4) marcou o segundo e último dia de testes coletivos organizados pela Pirelli em Abu Dhabi e que visava entender mais dos pneus apresentados para a temporada 2020. Segundo o chefe da companhia italiana na Fórmula 1, Mario Isola, agora a Pirelli vai recolher o feedback das equipes e trabalhar nos pneus. Mas é possível que as novidades sequer vejam a luz do dia.
 
Isola destacou a importância das equipes poderem andar com os pneus de 2020 logo em seguida ao fim da temporada. Desta forma, a comparação entre os dois espectros de pneus ficou mais simples.
 
"Completamos dois dias de testes com os pneus de 2020 em temperaturas que são mais típica ao que se encontra na temporada da F1. A parte mais importante foi dar às equipes a oportunidade de andar com os pneus de 2020 em seguida aos de 2019 para ver a comparação. Ainda que o programa das equipes tenha sido individual, como sempre, os pilotos puderam ter uma boa impressão. O próximo passo é relacionar isso às informações que juntamos", disse.
 
"Durante o primeiro dia, vimos mais short runs; no segundo dia, as equipes concentraram mais nas long runs. Notamos algumas melhoras, especialmente com os pneus C5, os mais macios, mas nem sempre isso foi alcançado pelos compostos do meio do espectro. Para entender de forma geral, claro que analisaremos os detalhes nos próximos dias. Especialmente as das long runs, que é particularmente pertinente", seguiu.
Esteban Ocon (Foto: Renault)
A Pirelli agora vai conversar com as equipes. Caso a maioria dos times prefira manter os compostos de 2019, assim será.
 
"Considerando a previsão de evolução dos carros para a temporada que vem, ainda acreditamos que a construção dos pneus de 2020 seguem como a melhor solução, mas estamos abertos a continuar a trabalhar com os pneus de 2019 se isso for o que a maioria das equipes desejarem", falou.
 
George Russell, guiando a Mercedes, liderou o último dia de testes. 
 

Paddockast # 44
RETROSPECTIVA 2019: MUITO QUE BEM, MUITO QUE MAL

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube