Após testes, Fórmula 1 se aproxima de seis corridas sprint no calendário de 2022

Entidade que organiza a Fórmula 1 vota nesta sexta-feira (15) o calendário da categoria em 2022, com seis corridas no formato sprint e oito dias de pré-temporada

O que acontece com Vettel na Fórmula 1?

O Conselho Mundial de Automobilismo da FIA (WMSC) se reúne nesta sexta-feira (15) para votar e definir o calendário da temporada 2022 da Fórmula 1, que terá 23 corridas. Conforme comunicado da entidade, não apenas o calendário será decidido mas também outros pontos entrarão em pauta, como regras que visam evitar a repetição de outra “não-corrida”- como ocorreu em Spa – e a entrada de novas corridas sprint, dobrando o número atual de três para seis.

O comunicado revelou que a comissão da FIA produziu um relatório sobre as duas primeiras corridas sprint do ano, antes dos GPs de Inglaterra e Itália – a terceira está prevista para ocorrer no Brasil. Classificado como positivo, o relatório aponta que novas discussões sobre a ampliação do formato serão realizadas após o GP de São Paulo.

No entanto, informações obtidas pelo portal RaceFans dão conta de que a ideia inicial da comissão é dobrar o número atual de corridas sprint: as atuais três passariam a ser seis. Ainda não se sabe quais seriam as etapas a receberem as disputas, realizadas em tempo menor do que uma corrida normal com o objetivo de definir o grid de largada.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

MAX VERSTAPPEN; F1; SPRINT; SILVERSTONE;
Max Verstappen superou Lewis Hamilton na largada da corrida sprint do GP da Inglaterra (Foto: F1/Twitter)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Em mudança que foi aprovada pela comissão, o ‘media day’ da Fórmula 1, que tradicionalmente ocorre às quintas-feiras, passará a acontecer em outra data. Isto porque a proposta é reduzir os finais de semana de quatro para três dias, começando na sexta-feira.

Além disso, outra alteração já garantida para o próximo ano é o aumento de dias da pré-temporada. Em 2021, foram apenas três dias de testes para as equipes, que em 2022 passarão a ter oito dias, sendo cinco destes consecutivos, no Circuito da Catalunha, na Espanha. Os outros três vão acontecer no Bahrein, etapa de abertura do campeonato. Com um novo regulamento entrando em cena, as equipes precisarão de mais tempo para acertarem seus carros. Assim, o intervalo entre o último dia de testes e o início da temporada diminuiu dos habituais 10 para oito dias.

Sergio Pérez e Lewis Hamilton travaram grande duelo no GP da Turquia (Vídeo: F1)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar