Aston Martin busca explicações para queda de rendimento: “Acho que nos perdemos”

A Aston Martin começou a temporada 2021 da Fórmula 1 com o pé esquerdo, enfrentando diversos problemas e fraco rendimento no GP do Bahrein. O resultado ruim ligou o sinal de alerta na equipe, que já procura apontar os erros que devem ser corrigidos ao longo do campeonato

A temporada 2021 da Aston Martin não começou das melhores, com apenas o décimo lugar de Lance Stroll no GP do Bahrein. Sebastian Vettel, por outro lado, enfrentou diversos problemas ao longo do fim de semana e sequer esteve com chances de pontuar. A abertura do certame mostrou um time bem distante das primeiras posições, diferente do que se viu em 2020, quando tinha o nome de Racing Point.

As pequenas mudanças no regulamento para 2021, principalmente no assoalho, parecem ter afetado mais algumas equipes do que outras. Otmar Szafnauer, chefe da Aston Martin, acredita que o começo ruim do time tem relação com essas modificações no carro, desfavorecido por usar um rake baixo.

O rake é, em termos simples, a diferença de altura entre a parte dianteira e traseira de um carro de Fórmula 1.

Lance Stroll escapou de vexame maior e garantiu um ponto no GP do Bahrein (Foto: Aston Martin)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Acho que nos perdemos com a mudança de regulamento, parece que os carros com rake baixo perderam um segundo por volta em relação aos carros com rake alto. Nos demos conta na classificação, depois de analisar os dados e vimos que os modelos com rake baixo ficaram com maiores dificuldades na modificação das regras”, afirmou o dirigente ao site F1i.

“Se compararmos com a Mercedes, estamos um décimo mais próximos”, acrescentou Szafnauer.

Mesmo com a perda de desempenho, e a introdução de um novo regulamento para o próximo ano – que pode mudar a dinâmica das equipes – Szafnauer continua acreditando na boa performance da Aston Martin no campeonato.

“Ainda não demos o ano como perdido e teremos coisas no túnel de vento que começaremos a levar para os circuitos em breve. É questão de tempo para recuperarmos essa deficiência imposta pela FIA através de uma mudança nas regras baseadas na segurança”, finalizou.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar