Bottas aprova “pista legal e divertida” de Mugello, mas alerta para desafio físico

Valtteri Bottas foi o mais rápido desta sexta-feira de treinos livres do GP da Toscana ao liderar as duas sessões de treinos livres do dia. O finlandês destacou a boa performance do Mercedes W11, mas, por outro lado, projetou “uma das corridas mais difíceis da temporada”

Assim como boa parte do grid da Fórmula 1, Valtteri Bottas teve a primeira chance de acelerar de forma competitiva no circuito de Mugello, palco do novo GP da Toscana, nesta sexta-feira (11). E o finlandês da Mercedes, que vem de um domingo muito complicado e sem performance no GP da Itália, começou bem sua jornada na nona etapa da temporada. O dono do carro #77 liderou os dois treinos livres do dia e fechou os trabalhos com o tempo de 1min16s989, registrado com pneus macios. Valtteri foi 0s207 mais rápido que Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe, o segundo colocado.

Bottas deixou claro que gostou muito de Mugello, sobretudo pelas características ‘old school’ do circuito localizado a cerca de 30 km de Florença, na Itália.

“É uma pista muito legal e divertida de pilotar, especialmente no segundo setor, que é simplesmente excepcional. Eu me diverti em cada uma das voltas que completei”, disse o piloto de 31 anos pouco depois do treino livre 2, no período da tarde.

O finlandês dominou a dobradinha da Mercedes no TL2 em Mugello (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Existem alguns pontos onde definitivamente não há muito espaço para erros, mas é assim que deve ser. Se você cometer um erro, deve ser punido por isso. Gosto de pistas assim”, complementou.

Ainda que tenha se mostrado satisfeito com o W11, Bottas avisou que há muito mais para explorar no circuito. “O carro se comportou bem. As impressões foram melhores no segundo treino, mas ainda dá para buscar mais. Principalmente quando você aprende um circuito onde nunca esteve na F1 moderna”.

Por outro lado, a mesma pista que diverte também desgasta. Mugello, com extensão total de 5.245 m, tem um trecho de reta de 1.141 m, mas depois compreende um longo trecho de curvas principalmente de média e alta velocidades, principalmente o conjunto das curvas 8 e 9, as ‘pernas’ da Arrabbiata, o que não permite ao piloto ter um período de descanso.

Na visão de Bottas, os dias que estão por vir, pelas características da pista e também pelo intenso calor que faz neste fim de semana na Toscana, com a temperatura ambiente beirando os 30ºC, vão ser muito cansativos.

“É um verdadeiro desafio físico, um dos mais difíceis da temporada. Espero uma corrida difícil no domingo”, concluiu.

A Fórmula 1 retoma os trabalhos neste sábado em Mugello a partir de 7h (de Brasília) para o terceiro treino livre do GP da Toscana. Já o treino que vai definir o grid de largada está marcado para 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube